Publicidade

Estado de Minas

Feridos em queda de avião em BH já respiram sem aparelhos

Srrael Campras dos Santos e Thiago Funghi Alberto Torres ainda estão em estado grave, mas tiveram ''melhora significativa'', segundo a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig)


postado em 04/11/2019 22:51 / atualizado em 04/11/2019 22:56

(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

 

Em novo boletim publicado nesta segunda-feira (4), a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) informou que as duas vítimas do acidente aéreo do Bairro Caiçaras, Região Noroeste de BH, que ainda estão internadas no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, tiveram “melhora significativa” nos últimos dias.


Segundo a Fhemig, Srrael Campras dos Santos e Thiago Funghi Alberto Torres, de 32 e 33 anos, “estão evoluindo bem clinicamente”, mas ainda são considerados casos graves. Eles tiveram, respectivamente, 55% e 32% dos seus corpos queimados.

 

 


Srrael e Thiago estão internados na Unidade de Tratamento de Queimados do João XXIII. No último dia 28, eles passaram por cirurgias no hospital em razão dos ferimentos.


A aeronave caiu sobre carros na manhã do último dia 21. A queda da aeronave ocorreu na Rua Minerva, no trecho situado entre as ruas Nadir e Rosinha Sigaud.


O avião de pequeno porte modelo SR 20 Cirrus Design havia acabado de decolar do Aeroporto Carlos Prates, tripulado pelo piloto e três passageiros.


Um tripulante e dois pintores que estavam dentro de um carro parado na Rua Minerva morreram na hora. No dia posterior, Allan Duarte, piloto da aeronave, também perdeu a vida.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade