Publicidade

Estado de Minas

Suspeito de chefiar tráfico em BH é preso e tenta subornar policial em troca de liberdade

Um outro homem, suspeito de armazenar drogas para a quadrilha, também foi detido, além de um jovem e uma mulher


postado em 24/10/2019 20:03 / atualizado em 24/10/2019 20:35

(foto: Polícia Militar deflagra uma perseguição policial no Anel Rodoviário )
(foto: Polícia Militar deflagra uma perseguição policial no Anel Rodoviário )


A prisão de um homem, conhecido como DG, de 22 anos, causou confusão no Anel Rodoviário devido à perseguição policial na tarde desta quinta-feira (24). Segundo a Polícia Militar, DG é suspeito de gerenciar o tráfico de drogas no Bairro São Gabriel, Região Nordeste de Belo Horizonte. Outros dois homens, de 32 e 20, e uma mulher, de 23, também foram presos. 

Os militares receberam a informação de que DG, já conhecido na região, sairia para “reabastecer” os estoques de entorpecentes. A corporação detectou sua localização e interceptou o carro do suspeito, um modelo Fiat Uno, cor preta, no Anel Rodoviário. O criminoso fugiu, ultrapassou vários sinais e paradas obrigatórias e entrou na contramão de direção várias vezes, sob risco de causar acidentes. 

Segundo a corporação, o suspeito foi preso na Avenida Antônio Carlos após o seu carro rodar na via. De acordo com o tenente do 13º Batalhão da Polícia Militar, Lucas de Carvalho, antes da prisão, o suspeito se livrou de um objeto  na altura do Bairro Vila Real, na Região da Pampulha. Foram apreendidos pela PM cerca de 380 tubos de cocaína.

No endereço do suspeito, foram apreendidos também uma grande quantidade de crack, R$ 3.400 em dinheiro, uma pistola bersa, uma balança de precisão, dois telefones e um papel de contabilidade que está ligado provavelmente ao tráfico de drogas, de acordo com o tenente. 

Durante os trabalhos dos militares, chegou a informação de que um outro homem, de 32 anos, seria o responsável por armazenar as drogas para a quadrilha de DG. Quando a PM chegou na sua residência foram encontrados e apreendidos liquidificadores, peneiras, bacias e facas com resquícios de cocaína, além de uma balança de precisão, tabletes e buchas de maconha, 390 microtubos aproximadamente cheios de cocaína, 18 porções de crack já divididas para serem comercializadas

Ainda foram apreendidos dois colares, um relógio dourado, uma grande quantidade considerável de cocaína separada em sacos plásticos e um forno elétrico na caixa, ainda lacrado, de procedência duvidosa. No carro do suspeito mais velho foi encontrado ainda uma barra de maconha. Ele e uma mulher que estava na casa no momento em que a polícia chegou foram presos

Durante a ocorrência, DG pediu para que o terceiro suspeito de 20 anos oferecesse um revólver calibre.32 em troca da  sua liberdade. O rapaz também foi preso. 

Segundo o tenente, os quatro foram encaminhados ao Centro de Flagrantes (Ceflan). 

*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade