Publicidade

Estado de Minas

Mulher que mordeu e arrancou orelha de outra terá que pagar indenização de R$ 25 mil

A agressora era atual companheira do ex-marido da vítima. A situação ocorrem em 2012 na Zona da Mata


postado em 04/10/2019 19:37 / atualizado em 04/10/2019 20:21

Imagem meramente ilustrativa(foto: Pixbay/Reprodução)
Imagem meramente ilustrativa (foto: Pixbay/Reprodução)


Uma mulher que arrancou a orelha de outra terá que pagar R$ 25 mil de indenização, segundo decisão do Tribunal da Justiça de Minas Gerais (TJMG). A agressora era a atual companheira do ex-marido da vítima. O caso ocorreu em 2012, na cidade de Leopoldina, Zona da Mata.

A decisão da 17ª Câmara Cível do TJMG consiste no julgamento entre os aspetos - R$ 5 mil(danos materiais), R$ 10 mil (danos estéticos) e R$ 10 mil (danos morais), pois a vítima foi constrangida publicamente, sofreu humilhação, foi agredida fisicamente e teve sua imagem deformada

De acordo com a relatora, desembargadora Aparecida Grossi, "a vítima se viu constrangida na frente de inúmeras pessoas desconhecidas ao ser agredida física e verbalmente pela ré, além de ter experimentado a angústia de ser 'traída' pelo ex-marido".

A agressora recorreu da decisão, afirmando que o incidente aconteceu por culpa da vítima, por tê-la provocado com xingamentos.  Segundo ela, a vítima a teria agredido com um galho de árvore e disparado palavras de baixo calão por não ter aceitar a relação da 'rival' com o ex-marido.
 
Já a vítima contou em seu depoimento que estava no “Posto do rodo” esperando seu carro ser lavado, quando a mulher chegou exaltada e já começou a agredi-la. No meio da briga, ela teve a orelha esquerda mordida e ainda teve que recolher o pedaço no chão.

Segundo o TJMG, as testemunhas afirmaram que a vítima "praticamente só apanhou, enquanto a outra batia nela’’.
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira  


Publicidade