Publicidade

Estado de Minas

Minas tem 137 mortes confirmadas por dengue em 2019

Em Belo Horizonte, 26 pessoas morreram. Em Betim, 18. Em setembro, 1.198 casos da doença foram notificados


postado em 02/10/2019 10:06

(foto: NIAID/Divulgação)
(foto: NIAID/Divulgação)


A dengue já matou 137 pessoas neste ano em Minas Gerais, segundo balanço da Secretaria de Estado de Saúde divulgado nessa terça-feira. De janeiro a 30 de setembro, foram 479.082 casos prováveis da doença


As mortes deste ano ocorreram em 42 municípios. Belo Horizonte e Betim lideram os óbitos, com 26 e 18, respectivamente. Veja a lista completa:

Araguari (um), Arcos (2), Belo Horizonte (26), Betim (18), Campos Gerais (um), Carmo do Cajuru (um), Contagem (quatro), Curvelo (um), Divinópolis (dois), Estrela do Sul (um), Frutal (dois), Guaranésia (um), Guarani (um), Ibiá (um), Ibirité (dois), Ituiutaba (um), Jaboticatubas (um), João Monlevade (um), João Pinheiro (cinco), Juiz de Fora (doze), Lagoa da Prata (um), Martinho Campos (dois), Monte Carmelo (um), Nova Serrana (um), Paracatu (um), Passos (dois), Patos de Minas (quatro), Patrocínio (dois), Pitangui (um), Pompéu (um), Ribeirão das Neves (dois), Rio Novo (um), Rio Paranaíba (um), Sacramento (um), São Gonçalo do Pará (dois), São Gotardo (dois), Sete Lagoas (um), Tupaciguara (1), Uberaba (dois), Uberlândia (19), Unaí (3), Vazante (2). Outras 119 mortes por suspeita da doença estão em investigação. 

Ainda segundo a Secretaria de Estado de Saúde, Minas Gerais registrou 2.727 casos prováveis de chikungunya. Um óbito foi confirmado em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. Já os casos de zika são 769. Apesar da mudança da estação, o estado continua em alerta para as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. 


Publicidade