Publicidade

Estado de Minas

Mulher denuncia importunação sexual dentro de ônibus e botão de pânico é acionado

Ela afirma que homem chegou a ameaçá-la de morte por reclamar de contato físico. Suspeito foi preso pela Guarda Civil


postado em 01/10/2019 21:38 / atualizado em 01/10/2019 22:43

Desde o início do ano, o botão de pânico já foi acionado pelo menos 28 vezes (foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)
Desde o início do ano, o botão de pânico já foi acionado pelo menos 28 vezes (foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)


Uma mulher de 45 anos sofreu importunação sexual na noite dessa segunda-feira (30) dentro de um ônibus da linha 608 (Estação Venda Nova/Nova Pampulha). Ela precisou pedir ao motorista que acionasse o botão de pânico. Em seguida,um homem de 37 anos foi encaminhado pela Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte (GCMBH) à delegacia.

De acordo com a denunciante o homem pulou a catraca, sentou-se e encostou seu corpo no dela. Ela não gostou da atitude e pediu para que ele não lhe encostasse. Ela relata que o homem a ameaçou de morte

Campanha da Prefeitura de Belo Horizonte de combate ao assédio no transporte público completa um ano neste mês. Até setembro deste ano foram registradas 28 ocorrências de acionamento do botão do assédio, segundo dados do Centro Integrado de Operações (COP-BH).
 
*Estagiária sob supervisão da subeditora Rachel Botelho


Publicidade