Publicidade

Estado de Minas

Operação contra entrada ilegal nos Estados Unidos tem dois presos

Investigados produziam documentos para que as pessoas se passassem por menores de idade, evitando a deportação


postado em 01/10/2019 13:08

(foto: Pixabay)
(foto: Pixabay)


Duas pessoas foram presas em uma ação da Polícia Federal (PF) que investiga o uso de carteiras de identidade falsificadas para obtenção de passaporte com o objetivo de migração ilegal para os Estados Unidos. A operação foi realizada em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. 

Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão expedidos pela 9ª Vara Federal da Seção Judiciária de Minas Gerais. Eles foram cumpridos em três residenciais e uma empresa de turismo suspeita de encaminhar interessados ao país norte-americano usando documentos falsos. 

“Os investigados produziam documentos com data de nascimento mais recente que a real, na intenção de fazer o interessado passar por menor de idade, evitando sua deportação ao entrar em solo norte-americano acompanhado de um suposto genitor”, informou a PF. “Os suspeitos foram indiciados pelos crimes de falsificação de documento público e promoção de migração ilegal, podendo cumprir até 11 anos de reclusão, caso sejam condenados”. 


Publicidade