Publicidade

Estado de Minas

Por causa de dívida, homem usa isqueiro e põe fogo na casa de mulher

Chamas atingiram dois cômodos do imóvel, em Conselheiro Lafaiete, Região Central de Minas


postado em 21/08/2019 18:37 / atualizado em 21/08/2019 19:01

Mulher não estava em casa no momento do crime, ocorrido no Bairro São Dimas, em Conselheiro Lafaiete(foto: Google Street View/Reprodução)
Mulher não estava em casa no momento do crime, ocorrido no Bairro São Dimas, em Conselheiro Lafaiete (foto: Google Street View/Reprodução)
 
A Policia Militar recebeu a confissão de um homem de 35 anos que admitiu ter ateado fogo na casa de uma mulher que tinha uma dívida com ele, em Conselheiro Lafaiete, Região Central de Minas Gerais. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta da 1h40 desta quarta-feira, no Bairro São Dimas. Quando a corporação chegou ao local, o imóvel já estava cheio de fumaça e foi preciso quebrar o cadeado para continuar com o trabalho. 

O homem se entregou no 31º Batalhão da Polícia Militar. Os militares foram com o preso até ao local, após o acionamento dos bombeiros para o controle das chamas. Os bombeiros precisaram entrar pela janela e constataram que dois dos cinco cômodos da casa tinham sido atingidos pelo incêndio.  

Uma cama, um colchão, um guarda-roupa de 6 portas, uma cadeira, várias roupas e outros objetos pessoais foram totalmente destruídos pelo fogo. 

A proprietária do imóvel tem 29 anos e não se encontrava na residência no momento do crime, segundo a confissão do homem aos PMs. Como não a encontrou, ele conta que decidiu pular o muro, quebrar a vidraça e colocar fogo num colchão com um isqueiro, até que as chamas tomaram forma. Ele foi preso pelos policiais militares e encaminhado à delegacia.  

A perícia também foi acionada para as demais providências. 

 *Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz


Publicidade