Publicidade

Estado de Minas

Suspeito derruba PM com golpe de luta no Alto Vera Cruz; veja vídeo

O suspeito, que era imobilizado por um militar, usou um golpe conhecido como ''balão'' para jogá-lo no chão e fugir. Posteriormente, ele e outros dois homens foram detidos


postado em 06/08/2019 17:47 / atualizado em 06/08/2019 18:26


Um vídeo que mostra uma abordagem policial em Minas Gerais se espalhou pelas redes sociais nesta semana. O suspeito, que era imobilizado por um militar, usou um golpe conhecido como “balão” para jogá-lo no chão e fugir. Posteriormente, ele e outros dois homens foram detidos. Segundo a PM, o local fica no Bairro Alto Vera Cruz, Região Leste de Belo Horizonte, e é um ponto de tráfico de drogas conhecido. Uma arma, munição e drogas foram apreendidos. No vídeo, populares questionam o motivo da abordagem e dizem que os policiais agiam de forma agressiva.

Por meio de nota enviada ao em.com.br nesta terça-feira, a assessoria de comunicação do 22º Batalhão explica que a ação ocorreu na manhã de segunda-feira quando policiais patrulhavam o bairro e suspeitaram de dois homens em uma moto perto de um local onde ocorre tráfico.

“Ao ser dada ordem legal de parada para abordagem policial sob fundada suspeita, um dos indivíduos desobedeceu a ordem dos policiais militares, resistindo à abordagem, por meio de agressões físicas, sendo lhe dada voz de prisão”, explica a polícia.

Um dos militares tentou imobilizar o agente com o uso de técnicas de imobilização, momento em que alguns populares tentaram tomar o preso, com o uso de força física, investindo contra os militares, bem como proferindo palavras ofensivas e de menoscabo, incitando à violência. Aproveitando-se da situação, o tal agente conseguiu desvencilhar-se da imobilização e evadiu”, diz o texto.

Dois vídeos mostram a abordagem. Em um deles, um homem que gravava a ação grita que era uma “covardia” e dizia que os policiais matariam o suspeito, que estava imobilizado e respirava de forma ofegante. Outro homem tenta intervir. Um policial joga o que parece ser spray de pimenta na direção de outra pessoa que grava. Em seguida, o suspeito dá um 'balão' no policial e sai correndo, incentivado por algumas das pessoas que estavam na rua.

O suspeito foi recapturado e outros dois homens foram detidos. Eles foram levados à Central de Flagrantes da Polícia Civil (Ceflan I) no Bairro Floresta. “Em diligências, os policiais militares conseguiram apreender uma pistola semi-automática calibre 9 mm, municiada com 10 cartuchos intactos, além de um pote contendo diversas pequenas porções de maconha, pertencentes a um dos infratores, o qual possui que possui vasta ficha criminal e registros policiais de tráfico, porte ilegal de arma, ameaça e direção perigosa.

Os outros infratores presos também possuem registros de prisão, sendo que um destes possui registros policiais por agressão, uso e consumo de drogas, receptação e direção perigosa, e o outro possui registros policiais como autor de crimes de dano, apropriação indébita e ameaça”, diz a nota do 22º Batalhão. “A Polícia Militar informa que todas suas ações são pautadas para a garantia de Lei e da Ordem Pública, de forma isonômica e dentro do ordenamento jurídico brasileiro”, finaliza a corporação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade