Publicidade

Estado de Minas

BHTrans faz operação de volta às aulas nesta terça: veja dicas

Ações educativas e intervenções no trânsito serão realizadas até 16 de agosto em 40 instituições de ensino de Belo Horizonte


postado em 29/07/2019 08:45 / atualizado em 29/07/2019 10:12

Agentes da BHTrans estarão atentos para evitar filas duplas(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)
Agentes da BHTrans estarão atentos para evitar filas duplas (foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)


Esta semana marca a volta às aulas de escolas públicas e particulares em Belo Horizonte. Para organizar o trânsito no entorno das instituições e orientar os motoristas, a BHTrans anuncia que vai realizar uma operação nesta terça-feira. 

“A operação visa garantir a segurança dos estudantes e seus responsáveis, da comunidade escolar e demais usuários da via, além de propiciar a fluidez no trânsito de veículos particulares e de transportadores escolares”, diz a empresa de trânsito

As ações serão realizadas em 40 escolas de Belo Horizonte até 16 de agosto. “São estimulados o respeito às leis de trânsito, o correto posicionamento dos veículos nas portas das escolas, o comportamento seguro para o embarque e desembarque dos estudantes e a adoção de atitudes que contribuam com a melhoria da mobilidade no entorno das escolas e na cidade em geral”, explica a BHTrans. 

Veja as orientações da BHTrans para evitar acidentes e outros problemas de trânsito no entorno das escolas:

Operação Volta às Aulas 


- Os agentes da Unidade Integrada de Trânsito irão operar o tráfego na porta das escolas e orientar sobre a maneira adequada de se comportar no trânsito ao levar seus filhos para a escola. Confira algumas dicas importantes: 

Na porta da escola 


- Nunca pare ou estacione em fila dupla ou nas faixas de pedestre;      
- Não estacione em esquinas, passeios, portas de garagens, vagas reservadas para pessoas com deficiência e para idosos, pontos de ônibus ou de táxis ou em outros locais proibidos;   
- Atravesse sempre na faixa de pedestre, pois é mais seguro;  
- Nunca deixe as crianças desembarcarem no meio da rua;       
- Lugar de pedestre é no passeio. Evite acidentes;       
- Não pare no caminho das outras pessoas para não atrapalhar a passagem.

Novatos na escola 


- Conheça com antecedência as principais ruas e avenidas de acesso à escola, além das vias locais, identificando lugares com vagas de estacionamento livre ou rotativo. Isso dá liberdade àqueles que desejam levar seu filho até a área interna da instituição de ensino;            
- Mudança de sala: certifique-se com a escola onde será a nova sala de aula de seu filho e se há um responsável que possa encaminhá-lo. Isso permite um gerenciamento melhor do tempo gasto na parada ou no estacionamento nas imediações e contribui para melhor mobilidade de todos;  
- Deixe o material escolar de forma mais acessível para a hora do desembarque.

No trânsito 


- No carro, use sempre o cinto. O cinto de segurança reduz em até 50% o risco de lesões graves ou fatais e deve ser usado tanto nos bancos da frente, quanto nos bancos de trás, mesmo em trajetos curtos;       
- Use o cinto de segurança corretamente: por cima do ombro, nunca no pescoço ou debaixo do braço;
- As gestantes devem usar sempre o cinto, abaixo da barriga. Ele protege a mãe e o bebê;      
- Crianças menores de 10 anos devem viajar no banco de trás do veículo. De 0 a 1 ano no bebê conforto; de 1 a 4 anos na cadeirinha; de 4 a 7 anos no assento de elevação; e acima de 7 anos e meio com cinto de segurança.        
- Não fale ao celular enquanto estiver dirigindo; 
- Diminua a velocidade ao se aproximar das áreas escolares.  

Transporte escolar


Uma van com 12 crianças pode representar até 11 veículos particulares a menos próximo à escola. Isso alivia o trânsito, principalmente nos horários de pico.  É preciso observar alguns fatores importantes na contratação do serviço: 

- Procure o selo da BHTrans no para-brisa do veículo;  
- Motoristas do Transporte Escolar devem portar o Registro de Condutor (crachá de identificação) da BHTrans e a Autorização de Tráfego;           
- Confirme se o serviço oferece um acompanhante (ou monitor). A presença desse profissional é obrigatória para veículos com capacidade superior a 20 lugares;           
- Se o serviço possuir um acompanhante, ele também deve estar cadastrado e possuir o Registro de Acompanhante;
- É obrigatório que o prestador de serviço de transporte escolar firme um contrato com os pais ou responsáveis pela criança; 
- Exija que os veículos tenham cadeirinha para transporte de crianças com até quatro anos de idade;
- Certifique-se de que o veículo tenha o cinto de segurança nos bancos e que estejam em bom estado de conservação e funcionamento. O cinto é fundamental para proteger o seu filho em caso de acidentes. Importante lembrar também que a legislação não permite que crianças sejam transportadas no colo.    

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade