Publicidade

Estado de Minas

Pacientes da Santa Casa são presenteados com mural do artista Kobra

Hospital ganhou a obra por meio de uma votação popular, que ainda contava com outras quatro instituições filantrópicas


postado em 11/06/2019 18:31 / atualizado em 11/06/2019 20:33

Mural tem seis metros de largura e três de altura(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A. Press)
Mural tem seis metros de largura e três de altura (foto: Ramon Lisboa/EM/D.A. Press)

Os pacientes em tratamento oncológico na Santa Casa de Belo Horizonte foram presenteados com um mural estilizado pelo artista brasileiro mundialmente reconhecido Eduardo Kobra. Bastante colorida, com tons quentes e frios, a arte retrata três crianças se divertindo; a primeira com uma flor e um pássaro, a outra em uma gangorra e a última correndo com uma bola no pé.

O mural fazia parte do tapume do Edifício Montmartre, construído pela construtora Monterre. Após a entrega do edifício, em abril, a obra foi colocada em disputa por meio de voto popular, na internet. A Santa Casa concorreu com outras quatro instituições filantrópicas e obteve 85% dos votos.      

Com mais de seis metros de largura e três de altura, a obra não passa despercebida por quem entra na recepção do Ambulatório de Oncologia, localizado na Rua Piauí, no Bairro Santa Efigênia, Região Leste da capital mineira. A entrega do mural foi feita na tarde desta segunda-feira sob clima de emoção entre os pacientes e funcionários do grupo.  

Durante a apresentação do mural, recepcionistas, enfermeiros e médicos entregaram margaridas aos pacientes, que frequentam o local. Conforme conta a gerente de Marketing e Responsabilidade Social do Grupo Santa Casa, Carolina Piva, a ideia era fazer uma analogia com uma das crianças retratadas no mural, que se diverte com uma margarida e uma pomba branca.

Durante apresentação, funcionários do hospital entregaram margaridas aos pacientes(foto: Divulgação/Santa Casa)
Durante apresentação, funcionários do hospital entregaram margaridas aos pacientes (foto: Divulgação/Santa Casa)


“Nesse momento, todo mundo chorou. É um ambiente triste, as pessoas estão na recepção aguardando para fazer quimioterapia e esperando para tomar o medicamento. O mural vem para alegrar o espaço porque criança é vida. Esse mural é uma marca física do Instituto de Oncologia, que a Santa Casa vai entregar para a sociedade”, comemorou.

De acordo com a gerente, a informação de que o mural do artista paulistano está na Santa Casa já chegou, inclusive, ao público do Museu de Rua de Belo Horizonte. “Eles perguntam: é verdade que tem uma obra do Kobra aqui em BH?”, conta em risos.     

Ao todo, 600 pessoas com câncer procuram diariamente o  ambulatório de oncologia, o maior de Minas Gerais.

Quem é Eduardo Kobra?

Além do Brasil, Eduardo Kobra possui obras em mais oito países, incluindo Emirados Árabes, Estados Unidos e  Índia. O artista também é dono do recorde de maior mural grafitado do mundo - a arte, de 5.742 metros, é uma homenagem ao chocolate e está localizada na Rodovia Castello Branco, na Região Metropolitana de São Paulo.

Uma das obras mais famosas do artista de origem na periferia de São Paulo é “O Beijo”, feita em 2012, em Nova York. O mural, cheio de cores, é uma releitura da imagem feita pelo jornalista norte-americano Alfred Eisenstaedt em 13 de agosto de 1945, quando o povo saiu às ruas para comemorar o fim da Segunda Guerra Mundial. Apesar do sucesso da obra, ela foi apagada em 2016.

*Estagiário sob supervisão da editora Vera Schmitz

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade