Publicidade

Estado de Minas

Copa América: agentes de segurança de Minas treinam para impedir ataques radioativos

Evento esportivo começa de 14 e vai até 7 de julho; BH receberá cinco jogos


postado em 06/06/2019 18:12 / atualizado em 07/06/2019 20:30

30 agentes participaram das atividades, nesta quinta-feira(foto: Antonio Santiago/ CDTN)
30 agentes participaram das atividades, nesta quinta-feira (foto: Antonio Santiago/ CDTN)

Agentes de segurança pública de Minas Gerais participaram de um treinamento, nesta quinta-feira, para uso de detectores de radiação e identificação de possíveis riscos de contaminação radiativa. As atividades têm como objetivo aprimorar a segurança em Belo Horizonte, durante a Copa América, realizada entre 14 de junho e 7 de julho - a capital mineira será palco de cinco partidas.

Ao todo, 30 profissionais da segurança - bombeiros, policiais civis, militares, federais, rodoviários federais e agentes penitenciários - participaram do treinamento. Representantes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) também estiveram presentes na capacitação.

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), as atividades abordaram formas que extrapolam a ideia de que uma tragédia viria apenas de um ataque com material radioativo. 

O curso é uma parceria entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública e o Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear, localizado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Treinamento abordou novas formas de ataques radioativos (foto: Antonio Santiago/ CDTN)
Treinamento abordou novas formas de ataques radioativos (foto: Antonio Santiago/ CDTN)


Para o sargento Telmo Lucas, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar, a parceria complementa o trabalho de ação antibomba desenvolvido pela equipe, já que um explosivo pode conter material radioativo. “Trabalhamos com identificações físicas. A radiação é invisível aos olhos. Por isso, este trabalho conjunto é fundamental para uma atuação rápida, diante de uma situação suspeita”, diz o militar.

Conforme o Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear, haverá uma equipe plantão durante todos os jogos da Copa América. A ideia é de que o grupo atue em conjunto com as forças policiais, conforme as demandas apresentadas.

 
Suspeita


Encontrou um material estranho na rua e suspeita de vazamento de radiação? Quando isso acontecer, é necessário contatar a central de Emergência Radiológica da CDTN. O centro funciona 24 horas por dia, durante todos os dias - não só durante a Copa América. Os telefones são: (31) 98285-9744 ou (31) 981067718.

(Com informações da Secretaria de Segurança Pública de Minas Gerais)

* Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie


Publicidade