Publicidade

Estado de Minas

Homem morre em confronto policial no Norte de Minas

Dupla trocou tiros com Polícia Militar após assaltar motoristas na rodovia


postado em 03/05/2019 16:07 / atualizado em 03/05/2019 16:59

Material apreendido com suspeito(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Material apreendido com suspeito (foto: Polícia Militar/Divulgação)

Dois homens trocaram tiros com a Polícia Militar, após assaltarem motoristas na BR-251, em Barrocão, distrito de Grão Mogol, no Norte de Minas, na manhã desta sexta-feira. Um deles foi morto. Nenhum policial ficou ferido.

Conforme o pelotão da Polícia Militar de Grão Mogol, morreu no confronto Pedro Luiz Soares de Almeida, de 19 anos. O comparsa dele, Gilsimar de Oliveira, também de 19, conseguiu escapar ao cerco da PM e continua sendo procurado na zona rural do município, onde existem muitas plantações de eucalipto, que dificultam o trabalho da polícia. 

Segundo a PM, já existiam mandados de prisão em aberto contra Pedro Luiz e Gilsimar, suspeitos em praticar assaltos em vários municípios da região, como  Francisco Sá, Padre Carvalho e Fruta de Leite, além de Grão Mogol. A dupla é procedente do município de Padre Carvalho. 

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, para cometer os crimes, os suspeitos aproveitavam da redução da velocidade pelos motoristas em um radar da BR-251 no distrito de Barrocão, que marca o limite de 40 km/h. Eles ainda colocavam uma motocicleta na frente dos caminhões, para obrigar a parada dos veículos e praticarem os assaltos.

Na manhã desta sexta-feira, a dupla assaltou quatro motoristas de caminhão junto ao radar na rodovia. Em seguida, os dois suspeitos, que estavam em uma moto, se depararam com um carro da Polícia Militar no trevo da BR-251, no entroncamento com a estrada para Grão Mogol (distante cinco quilômetros de Barrocão).  

Ao avistarem os militares, os dois homens abandonaram a moto e se embrenharam no mato. Houve perseguição. Na sequência, informou a PM, os suspeitos atiraram contra os policiais, que se revidarem para se defenderem. Pedro Luiz Soares foi alvejado e morreu no local. Com eles foram recuperados um revólver calibre 38, R$ 1.546,00 em dinheiro, cinco telefones celulares e uma aliança de ouro, que teriam sido roubados dos caminhoneiros.  Já  Gilsimar de Oliveira conseguiu fugir e continua sendo procurado.


Publicidade