Publicidade

Estado de Minas

Cine-teatro reabre em Sabará com programação especial

Cine Bandeirante passou por readequação em reforma que custou R$ 1,1 milhão. Valor foi arcado pela Vale e pela Prefeitura de Sabará


postado em 25/04/2019 06:00 / atualizado em 25/04/2019 07:52

Centro Cultural José da Costa Sepúlveda está completamente reformado e equipado(foto: PREFEITURA DE SABARÁ/DIVULGAÇÃO)
Centro Cultural José da Costa Sepúlveda está completamente reformado e equipado (foto: PREFEITURA DE SABARÁ/DIVULGAÇÃO)
Luz, câmera, ação! Depois de uma década de espera, volta ao cartaz a partir de hoje o Cine Bandeirante, agora com o nome de Centro Cultural José da Costa Sepúlveda, localizado na Rua São Pedro, no Centro de Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A reabertura do prédio, que foi completamente reformado e equipado, será às 19h, em cerimônia para convidados, e já tem programação pública para o fim de semana (ver o quadro), com distribuição antecipada de ingressos.

Completando 60 anos, metade desse tempo como propriedade da Prefeitura de Sabará, o cine-teatro de 500 lugares recebeu uma série de serviços: cobertura, sistema de ar-condicionado, sonorização e acessibilidade, com rampas, além de dois camarins, palco e pintura externa e interna. Os recursos foram de R$ 1,1 milhão, com parte da Vale (no início das intervenções), e da prefeitura local.

O equipamento recuperado ficará sob administração da Secretaria Municipal de Cultura e a cerimônia de reabertura será presidida pelo prefeito Wander Borges (PSB). De acordo com a prefeitura, o objetivo é manter uma programação cultural permanente, estando previstas parcerias com o Serviço Social do Comércio (Sesc) e Arcelor Mittal. Nos fins de semana, estarão em cena peças de teatro infantis e, os grupos interessados em se apresentar devem procurar a Secretaria Municipal de Cultura.

ACESSIBILIDADE De acordo com informações da Prefeitura de Sabará, foram preservadas ao máximo as características arquitetônicas interna e externa da edificação, embora as obras contemplassem reparos decorrentes de infiltração de água de chuva, demolições, substituição de materiais e adaptações para receber portadores de deficiência. Esse é um dos ganhos essenciais, pois foram instaladas rampas para facilitar a circulação de cadeirantes e idosos.

Em 18 de maio de 2012, o Estado de Minas anunciou o lançamento do projeto, então previsto para durar seis meses. Na época, a aposentada Maria das Graças Cunha, de Sabará, contou que Elvis Presley, Mazzaropi e outros artistas nacionais e internacionais estavam vivos na memória. E brincou, lembrando da adolescência: “Brigite Bardot, não, pois os filmes dela eram proibidos para menores de 18 anos.” O motivo de satisfação é que os dias de glória da sétima arte, turbinados pela moderna tecnologia e novas gerações de atores e atrizes, estariam de volta à cidade colonial, com a restauração do prédio do antigo cinema.

Em cartaz

Amanhã
20h – Grande Concerto da Banda da Polícia Militar

Sábado
20h – teatro: Até que a face nos separe, nos una ou nos mate

Domingo
16h – teatro infantil: A pequena sereia

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade