Publicidade

Estado de Minas

PM usa bala de borracha em confusão de torcedores em eliminação de Atlético

Depois de derrota do Atlético para o Nacional, por 1 a 0, no Mineirão, parte da torcida se envolveu em tumultos


postado em 24/04/2019 12:34 / atualizado em 24/04/2019 13:04

(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA PRESS)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA PRESS)
Parte da torcida do Clube Atlético Mineiro se envolveu em tumulto depois do término da partida pela Libertadores da América na terça-feira (23) no Estádio do Mineirão, no Bairro São Luís, na Região da Pampulha. O time mineiro perdeu para o Nacional, por 1 a 0, e foi eliminado da competição.
 
De acordo com a Polícia Militar, integrantes da torcida organizada Galoucura,  insatisfeitos com a eliminação do time, quebraram cadeiras do estádio e tentaram arremessá-las no gramado. Não foram efetuadas prisões.  A saída de outros torcedores só foi possível depois de os tumultos terem sido controlados.
 
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA PRESS)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA PRESS)
Segundo a assessoria de imprensa da corporação, uma guarnição da polícia tentou coibir a ação, mas foi atacada pelos torcedores com rojões e pedaços das cadeiras. Para coibir a ação da torcida, a polícia usou  spray de pimenta e  balas de borracha. Na saída do estádio, os torcedores voltaram a se envolver em confusões. Segundo a polícia, houve tumulto, com briga generalizada entre os torcedores do próprio time.
 
Para conter a confusão, os policiais usaram bastão de madeira e balas de borracha. A Polícia informou que os torcedores destruíram os tapumes de metal colocados no em torno do Mineirão.
 


Publicidade