Publicidade

Estado de Minas

Cobrança de pedágio começa nesta segunda-feira na BR-135, no Norte de Minas

Veículos de passeio devem pagar R$ 7,20 e motocicletas R$ 3,60. Concessionária com seis pontos de cobrança pelo estado afirma melhorias na rodovia


postado em 01/04/2019 15:42 / atualizado em 01/04/2019 15:55

Posto foi instalado na BR-135, em Curvelo, Norte de Minas(foto: Eco135/Divulgação)
Posto foi instalado na BR-135, em Curvelo, Norte de Minas (foto: Eco135/Divulgação)

Começou nesta segunda-feira a cobrança de tarifas de pedágio na BR-135 e na LMG-754, nos trechos em que a concessionária Eco135 administra. Serão cobrados R$ 3,60 para motocicletas, R$ 7,20 para veículos de passeio e R$ 7,20 para veículos comerciais por eixo.

O Contrato de Concessão foi firmado com o estado, através da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas. A concessionária já realizava as cobranças em outros quatro pontos na mesma rodovia. Veja abaixo os locais das praças de pedágio da Eco135:
  1. BR-135, Km 399 (Montes Claros)
  2. BR-135, Km 466 (Bocaiúva)
  3. BR-135, Km 523 (Buenópolis)
  4. BR-135, Km 583 (Corinto)
  5. BR-135, Km 634 (Curvelo)
  6. LMG-754, Km 25 (Curvelo)
De acordo com o Grupo EcoRodovias, a cobrança dos pedágios foi autorizada após a conclusão integral dos trabalhos iniciais de melhorias dos 364 quilômetros da BR-135, MG-231 e LMG-754, de Montes Claros a Curvelo.

Investimentos

Segundo a Eco135, diversos pontos do trecho passaram por recuperação do pavimento, com correção de depressões e degraus da pista. A concessionária teria realizado ainda a instalação e substituição de 1.730 placas de sinalização, pintura de faixas, manutenção e instalação de defensas, recuperação de elementos de drenagem, como sarjetas e bueiros, instalação de cercas de proteção e roçada de canteiros.  

São disponibilizados veículos operacionais e profissionais preparados para socorrer vítimas de acidentes. Os recursos podem ser acionados pelo telefone 0800 0135 135, principal canal de comunicação do usuário com a concessionária. Pelo SOS Eco135 é possível pedir auxílio na rodovia, consultar as condições de tráfego atualizadas a cada hora, solicitar informações ou registrar manifestações junto à Ouvidoria.

* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade