Publicidade

Estado de Minas

Mulher morre em grave acidente na Avenida Amazonas

Carro teria causado o acidente ao realizar manobra proibida e colidir com moto


postado em 01/04/2019 14:46 / atualizado em 01/04/2019 20:28

Uma mulher de 28 anos morreu, no início da tarde desta segunda-feira, após se envolver em um acidente no Bairro Barroca, Região Oeste de Belo Horizonte. Um veículo Palio, com placa de Paraopeba, Região Central do Estado, teria causado o acidente ao realizar uma manobra proibida na Avenida Amazonas, uma das mais movimentadas da capital mineira. A ocorrência foi na esquina com Rua Pedra Bonita.

De acordo com relatos do condutor da motocicleta, 30, o Palio atingiu o veículo arremessando os dois passageiros no asfalto. O motociclista ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital Pronto-Socorro João XXIII. Já a mulher, identificada como Verônica Goulart,  que estava na garupa no momento da batida, bateu a cabeça no chão e morreu ainda no local.

O  motorista do Palio, de 51 anos, apresentou uma outra versão. Segundo ele, conduzia o carro pela Avenida Amazonas, no sentido bairro, à procura de um retorno para acessar o sentido oposto da via. Quando chegou no cruzamento com a Rua Pedra Bonita, tentou trocar de sentido, mas teria sido atingido pela motocicleta, que estaria em alta velocidade. 

Ainda conforme o condutor do carro, não havia nenhuma sinalização no local que impedia o motorista de fazer o retorno. O carro acabou atingindo um poste e deixou o motorista e sua passageira, de 52 anos, feridos. 

(foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
(foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)

Com a chegada dos militares ao local, o homem de 51 anos foi convidado a fazer o teste de bafômetro. No entanto, o aparelho não detectou nenhuma dosagem de álcool no corpo do envolvido. 

De acordo com o boletim de ocorrência da PM, constatou-se que Palio não estava devidamente licenciado. Dessa forma, o motorista perdeu o Certificado de Licenciamento do Veículo (CLRV). Além disso, o carro foi apreendido e levado para o pátio credenciado do Detran-MG.

O homem foi encaminhado para a delegacia para prestar esclarecimentos e foi liberado posteriormente.
 
*Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade