Publicidade

Estado de Minas

Receita Federal e PM fazem operação contra transporte de mercadoria ilegal no Sul de Minas

Objetivo da operação é combater trânsito de veículos que transportam mercadorias ilícitas


postado em 28/03/2019 15:26 / atualizado em 28/03/2019 17:25

(foto: Receita Federal do Brasil/Divulgação)
(foto: Receita Federal do Brasil/Divulgação)
      
A Delegacia da Receita Federal em Poços de Caldas e as polícias Militares de Minas Gerais e São Paulo deflagraram nesta semana a Operação Águia de Aço, no Sul de Minas, em cidades que fazem divisa com São Paulo. A operação busca combater ilícitos diversos, tais como o trânsito de veículos em situação irregular, de mercadorias ilegais, drogas, entre outros.

O balanço das ações será divulgado na sexta-feira. O delegado da Receita Federal em Poços de Caldas, Michel Lopes Teodoro, destaca que as operações conjuntas otimizam o trabalho das equipes que, além de trocar informações e experiências, unem as forças das instituições e dos estados, para combater o crime organizado. 

De acordo com o comandante do 29º Batalhão da Polícia Militar de MG, tenente-coronel Trajano, “a operação é de suma importância porque aumenta a segurança pública e consequentemente combate a criminalidade, além disso beneficia o cidadão de bem, que busca cumprir seus deveres junto ao estado”. 

A operação recebeu o nome de ‘Águia de Aço’ em referência ao helicóptero utilizado pelas instituições. Além do helicóptero, participam da operação 50 servidores da Receita Federal e das Policiais Militares de Minas Gerais e São Paulo, além de cães farejadores. 
 

* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade