Publicidade

Estado de Minas

Adolescente é atingido por bala perdida em tiroteio na Região Centro-Sul de BH

Crime ocorreu na Avenida Artur Bernardes. Polícia apurou que tiroteio ocorreu por uma briga entre gangues. Na madrugada, quatro suspeitos foram detidos


postado em 18/03/2019 09:17 / atualizado em 18/03/2019 09:21

Arma foi apreendida durante a madrugada (foto: Polícia Militar/Divulgação)
Arma foi apreendida durante a madrugada (foto: Polícia Militar/Divulgação)


Um adolescente de 13 anos foi atingido por uma bala perdida durante um tiroteio entre gangues rivais na noite deste domingo no Morro do Papagaio, no Bairro Santa Lúcia, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Já na madrugada, quatro homens foram detidos. 


A primeira viatura que chegou ao local encontrou homens armados em fuga. O local foi cercado e o helicóptero da PM ajudou nas buscas, mas eles não foram encontrados. Testemunhas disseram que uma pessoa havia sido atingida. Em contato com a família, eles descobriram que a vítima era um garoto que havia sido levado ao Hospital João XXIII. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), o adolescente contou que viu várias pessoas descendo uma rua atirando, mas não conseguiu ver quem eram. Ele tentou correr, mas foi atingido em uma das pernas. A bala transfixou a coxa esquerda da vítima, mas ele não corre risco de morrer. A polícia ainda afirma que, apesar de ter envolvimento com atos infracionais, informações dão conta que ele não está envolvido na disputa entre as gangues. 

Um estabelecimento que fica próximo ao local do tiroteio também foi atingido por tiros, que danificaram um freezer.

Após a ocorrência envolvendo o adolescente, foi registrado um novo tiroteio no aglomerado. Durante as buscas, os policiais encontraram quatro homens correndo e, durante a abordagem, um deles entrou em uma área de demolição e voltou para a rua. 

No local onde ele entrou, os policiais encontraram uma arma com sete cartuchos deflagrados. Os presos seriam ligados a uma das gangues que está em guerra. Ainda de acordo com a polícia, o homem que teria entrado no terreno com objetivo de dispensar a arma disse ser ele o alvo dos disparos na Avenida Artur Bernardes. A informação também foi confirmada por populares que não quiseram se identificar. Os quatro homens foram detidos. 


Publicidade