Publicidade

Estado de Minas

Perseguição policial termina com três detidos por assaltos em sequência em BH

Homens percorreram diferentes bairros da capital. Pelo menos duas vítimas foram identificadas pela polícia


postado em 14/02/2019 10:56

Helicóptero da Polícia Militar ajudou na perseguição aos criminosos(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Helicóptero da Polícia Militar ajudou na perseguição aos criminosos (foto: Polícia Militar/Divulgação)


Dois homens e um adolescente de 17 anos foram detidos suspeitos de cometer uma série de assaltos na noite dessa quarta-feira em diferentes bairros de Belo Horizonte. Após serem flagrados pouco depois de um crime, eles foram perseguidos por viaturas e um dos helicópteros da Polícia Militar (PM) até serem abordados perto do Bairro São Francisco, na Região da Pampulha. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), um dos homens presos, de 30 anos, contou que foi chamado por outro, de 29, para cometer roubos. Ele ficou responsável por dar fuga aos assaltantes em um Voyage prata. Eles, outro rapaz de 20 anos e um adolescente de 17 foram ao Centro de Belo Horizonte, onde compraram um simulacro de arma. De lá, percorreram os bairros Coração Eucarístico, Pompéia, Boa Vista e Goiânia. Dois deles desembarcavam, cometiam os crimes e retornavam ao veículo. 

Segundo ele, durante o assalto no Bairro Goiânia, a dupla voltou correndo para o carro e o mandou fugir. Foi nesse local, na Rua Lucimara Marques, que eles foram avistados por uma viatura do Tático Móvel. De acordo com a PM, os militares faziam ronda pelo bairro quando encontraram um rapaz de 23 anos que entrou em desespero e apontou dois homens que, segundo ele, haviam acabado de assaltá-lo. Os policiais seguiram a dupla e viram quando  entraram em um carro parado na esquina e fugiram. Eles pediram reforços e a perseguição começou. 

Em alta velocidade, os assaltantes passaram pela BR-381, o Anel Rodoviário, o Aglomerado Três Marias e também pelo Bairro São Gabriel. O suspeito de 29 anos escapou saltando do carro na Rua Sócrates, segundo o motorista da fuga. Os assaltantes pegaram o Anel Rodoviário novamente e atiraram objetos pela janela. Ao acessar a alça do Bairro São Francisco, foram surpreendidos por um bloqueio com viaturas e o helicóptero. Antes de entrar na Avenida Antônio Carlos, foram abordados e presos. 

Com eles foram apreendidos celulares, dinheiro e o simulacro de arma. Durante a ocorrência os policiais identificaram outra vítima, um homem de 38 anos que andava pela Rua Pitangui quando foi rendido e teve a mochila levada. Ele conta que recebeu mensagens das operadoras de dois cartões de crédito relatando tentativas de compras. Os documentos dele foram recolhidos pela polícia no veículo. 

Ainda de acordo com a polícia, o motorista do carro contou que não obedeceu a ordem de parada dos policiais no Bairro Goiânia por medo de ser preso. Na versão dele, o homem que conseguiu fugir ficou o tempo inteiro dentro do carro. Os policiais fizeram buscas por ele durante a madrugada, mas ele não foi encontrado. Já os outros dois, de 17 e 20 anos, não relataram nada à polícia. A dupla foi levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Centro-Sul. O veículo foi apreendido e os suspeitos foram levados à Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Dopcad). 


Publicidade