Publicidade

Estado de Minas

Chuva destelha 60 casas de comunidade atingida pelo rompimento da barragem

Postes e árvores também caíram durante o temporal em Brumadinho, na Grande BH


postado em 30/01/2019 19:26 / atualizado em 30/01/2019 19:48

Casas foram danificadas durante a chuva(foto: Renan Damasceno/EM/D.A.Press)
Casas foram danificadas durante a chuva (foto: Renan Damasceno/EM/D.A.Press)


Não bastasse o sofrimento que estão passando os moradores das áreas atingidas pela lama da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a chuva da tarde desta quarta-feira deixou um rastro de estragos na comunidade rural Parque da Cachoeira. Em alguns pontos, se registrou ocorrência de granizo na cidade. 

Segundo cálculos da associação de bairro, 60 casas foram destelhadas, oito postes caíram e cerca de 30 árvores não resistiram à tempestade. A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) foi acionada para tentar reativar a energia, mas muito postes estão interditam as ruas de terra.

 

O temporal também destruiu as tendas erguidas para dar suporte às famílias atingidas. "O resto que sobrou lá (da cozinha) vou tapar um pouco aqui pois, se chover, pelo menos estou protegido", disse Vicente de Paulo Fialho, enquanto cobria um dos quartos, com a casa toda molhada. "A chuva foi rápida, tirou as telhas do quarto, agora estou tirando da área para a gente poder dormir", prosseguiu o morador. 

 

Postes também caíram durante o temporal(foto: Renan Damasceno/EM/D.A.Press)
Postes também caíram durante o temporal (foto: Renan Damasceno/EM/D.A.Press)


A chuva durou pouco tempo, mas o vento e a força da água foram suficientes para derrubar árvores e interditar estradas, inclusive o caminho que dá acesso à comunidade do Córrego do Feijão. Guarnições do Corpo de Bombeiros se deslocaram ao local para retirar os troncos da via. A pista rumo ao Parque da Cachoeira ficou parada por cerca de 40 minutos por causa de galhos caídos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade