Publicidade

Estado de Minas

Banco do Brasil e Caixa abrem contas de doação e agências móveis em Brumadinho

Hoje haverá uma reunião entre Banco do Brasil, prefeitura, Ministério Público e a Justiça local, para discutir sobre a aplicação dos recursos e a prestação de contas


postado em 28/01/2019 09:31 / atualizado em 28/01/2019 09:36

(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)


A Caixa e o Banco do Brasil anunciaram a abertura de contas para receber doações para Brumadinho e a abertura de agências móveis para atendimento à população do município, que enfrenta as consequências do rompimento de uma barragem.

A conta corrente do Banco do Brasil é em nome da prefeitura local para receber doações: agência 1669-1, conta 200-3 (SOS Brumadinho), CNPJ 18.363.929/0001-40. O recurso será usado para necessidades urgentes da população local afetada, informou o banco.

Segundo o banco, a gestão dos recursos deve ser compartilhada. Hoje (28), haverá uma reunião entre Banco do Brasil, prefeitura, Ministério Público e a Justiça local, para discutir sobre a aplicação dos recursos e a prestação de contas.

A agência móvel do Banco do Brasil entra em funcionamento hoje e reforçará o atendimento oferecido pela agência local, que não foi afetada pelo rompimento da barragem.

Ver galeria . 26 Fotos  Tragédia de Brumadinho - Rompimento de rejeitos da Barragem 1 da Mina Feijão (Córrego Feijão)Gladyston Rodrigues/EM/D.A press
Tragédia de Brumadinho - Rompimento de rejeitos da Barragem 1 da Mina Feijão (Córrego Feijão) (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A press )


A Caixa fará atendimento por meio um caminhão-agência a partir de amanhã (29) para reforçar o atendimento bancário na cidade.

A Agência da Caixa em Brumadinho abrirá uma hora mais cedo hoje, fechando também uma hora mais tarde para garantir o atendimento às pessoas da cidade.

A Caixa também abrirá uma conta para receber as doações. Os dados da conta corrente, em nome da Defesa Civil, serão divulgados nesta segunda-feira.

(foto: Arte EM)
(foto: Arte EM)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade