Publicidade

Estado de Minas

Renan Calheiros defende urgência no afastamento da diretoria da Vale

Senador usou o Twitter para comentar a situação em Brumadinho e pede afastamento da diretoria "para impedir a destruição de provas"


postado em 27/01/2019 18:29 / atualizado em 27/01/2019 19:15

(foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil)
(foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil)


O senador Renan Calheiros (MDB-AL), um dos possíveis candidatos à presidência do Senado, afirmou pelo Twitter que a diretoria da Vale deve ser afastada e uma nova diretoria interventora deve ser nomeada.

"Não podemos prejulgar. Mas é urgente, em respeito às vítimas de Brumadinho, o afastamento cautelar da diretoria da Vale, assim como a nomeação de diretoria interventora, para impedir a destruição de provas e apurar com isenção os fatos", escreveu ele em sua rede social.



Ao todo, a Justiça já decretou bloqueios de R$ 11 bilhões de bens da mineradora para compensar os estragos.

O presidente da empresa, Fabio Schvartsman, afirmou na sexta-feira, por meio de vídeo publicado nas redes sociais que a Vale inteira vai fazer o que for possível para ajudar as pessoas atingidas.

Ver galeria . 26 Fotos  Tragédia de Brumadinho - Rompimento de rejeitos da Barragem 1 da Mina Feijão (Córrego Feijão)Gladyston Rodrigues/EM/D.A press
Tragédia de Brumadinho - Rompimento de rejeitos da Barragem 1 da Mina Feijão (Córrego Feijão) (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A press )


"Não tenho palavras para descrever o meu sofrimento, minha enorme tristeza, meu desapontamento com o que acaba de acontecer. É algo além, acima de qualquer coisa que eu pudesse imaginar. Quero dizer da minha solidariedade, que a Vale inteira vai fazer o que for possível para ajudar as pessoas atingidas. É algo que me dói a alma. Tudo o que eu não queria na minha vida é que algo do gênero acontecesse", afirmou o executivo.

(foto: Arte EM)
(foto: Arte EM)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade