Publicidade

Estado de Minas

Mater Dei expande a sua rede para fora de Belo Horizonte

Unidade Betim-Contagem começa a operara partir das 7h de sábado


postado em 18/01/2019 06:00 / atualizado em 18/01/2019 08:12

Novo prédio funcionará na Via Expressa entre os municípios da Grande BH e já tem cirurgias previstas(foto: Rede Mater Dei/Divulgação)
Novo prédio funcionará na Via Expressa entre os municípios da Grande BH e já tem cirurgias previstas (foto: Rede Mater Dei/Divulgação)


Aproveitando o momento de crescimento e expansão ao qual assiste o setor da saúde, a Rede Mater Dei abre as portas para uma nova fase com a inauguração da unidade Betim-Contagem, que ocorre hoje em um encontro restrito com a imprensa, políticos e representantes do ramo, marcado para as 10h. Amanhã, a partir das 7h, o hospital começa a operar na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e já tem cirurgias previstas. Apto para auxiliar a população de maneira personalizada, humanizada e diferenciada, seja por meio de convênio médico ou atendimento particular, o novo prédio está situado na Via Expressa, número 15.500, no Bairro Duque de Caxias, em Betim.

Essa é a primeira unidade fora de Belo Horizonte, onde existem duas: no Santo Agostinho, inaugurada na década de 1980 e ampliada nos anos 2000, além da unidade na Avenida do Contorno, instaurada em 2014. Para o presidente da Rede Mater Dei de Saúde, Henrique Salvador, esse é um capítulo importante da história do grupo, parte fundamental do processo evolutivo na área da saúde. “É mais um hospital incorporado à rede. Amplia o acesso a serviços médico-hospitalares de qualidade para os mineiros, contribuindo para um melhor atendimento. Possui certificação de instituições acreditadoras internacionais, ou seja, instituições que auditam os hospitais comprovando que a forma de atuar está de acordo com os melhores padrões internacionais de qualidade e segurança assistencial”, pontua. É um hospital completo, auto-resolutivo, salienta, o que significa que consegue atender toda a demanda de Contagem, Betim, Oeste e Sul de Minas Gerais, além do Triângulo Mineiro. “Como fica às margens de uma rodovia e próximo a rodovias maiores e importantes no estado, tem o acesso facilitado, até mesmo por contar com heliponto”, diz.

A intenção é atender sempre melhor pacientes e seus familiares. Dados sobre a demanda de acolhimento na capital e na Grande BH dão conta que 92% dos usuários da rede provêm das cidades compreendidas nessas regiões. Para otimizar processos, o Mater Dei Betim-Contagem abarca, em 42 mil metros quadrados de uma estrutura moderna e inovadora, variadas especialidades médicas, provendo tecnologia, equipes capacitadas e serviços de alto padrão. A unidade que acaba de ser aberta tem capacidade para atendimento primário, secundário, terciário e quartenário. O pronto-socorro pode receber mais de 1,5 mil pacientes por dia, e o hospital conta ainda com um completo parque de exames de diagnóstico. São 13 salas de cirurgia e parto e cerca de 360 leitos de internação, quando o complexo estiver todo operacional, incluindo CTI adulto, pediátrico e neonatal.

O projeto arquitetônico ficou a cargo de Siegbert Zanettini, profissional referência em planejamentos sustentáveis para hospitais. As soluções construtivas, estruturais e de design compreendem uma melhor gestão de energia elétrica e recursos hídricos, espaços amplos, iluminados e ventilados, aproveitando a luz natural e potencializando a circulação de ar, além de um bosque para favorecer a convivência, para pacientes, parentes, médicos e empregados, que inclui pista de cooper. “O silêncio também foi priorizado, com a instalação de janelas especiais. Dentro dos quartos, o nível de ruído é o mesmo de bibliotecas, não se ouve nada que vem do lado de fora. O parâmetro de humanização desta unidade está em sintonia com as características da rede”, ressalta Henrique Salvador. 

AGILIDADE TECNOLÓGICA
Todos os serviços, bem como resultados de exames, podem ser agendados pela internet, de modo rápido e fácil. Entre os préstimos que serão oferecidos estão: pronto-socorro adulto e pediátrico 24 horas para socorro de urgência e emergência; ambulatório para consultas eletivas com especialistas (cirurgia bariátrica, cirurgia geral, cirurgia plástica, cirurgia torácica, cirurgia vascular, cardiologia, cirurgia pediátrica, endocrinologia, endoscopia, ginecologista e obstetrícia, mastologia, medicina intervencionista da dor, nutrologia, neurocirurgia, otorrinolaringologia, oncologia, ortopedia, psiquiatria, reprodução humana e urologista); laboratório de análises clínicas; unidade de internação; salas cirúrgicas e bloco obstétrico; maternidade com estrutura completa para mãe e bebê (as gestantes conseguem conhecer o espaço previamente, por meio de visita agendada); hemodinâmica; oncologia; central de material esterilizado; laboratório de anatomia patológica; lactário (para pacientes internados); CTI adulto, pediátrico e neonatal; hemodiálise; endoscopia e colonoscopia; medicina diagnóstica para a realização de diversos exames (entre eles ressonância magnética, tomografia, PET-CT, raio-X, mamografia, ultrassonografia e medicina nuclear); estacionamento e heliponto.

Gerando empregos e leitos


Quando o hospital estiver funcionando com sua força máxima, serão gerados 2 mil empregos diretos e indiretos, com as vagas disponíveis conforme a demanda e a abertura de novos leitos. Por enquanto, para o momento inicial, 500 pessoas foram contratadas, sendo 98% de Betim e Contagem. “No corpo clínico, estão muitos médicos formados pelo próprio grupo Mater Dei, além de especialistas da região que se aproximaram de nós buscando um ambiente adequado para trabalhar. É uma grande oportunidade profissional. E o hospital também acaba gerando vários outros negócios no entorno – formação de cooperativas médicas, médicos abrindo clínicas perto para conseguir atender individualmente e as pessoas internadas, com a possibilidade de casar a atuação no consultório com o dia a dia no hospital”, afirma Henrique Salvador.

O Mater Dei Betim-Contagem está alinhado com os mesmos pressupostos das outras unidades da rede, seguindo igualmente a filosofia de atendimento e cuidado que os hospitais proporcionam aos clientes, a partir dos mais bem resolvidos fluxos hospitalares. “Reforçamos nosso compromisso com a criação de novas possibilidades de acesso a uma região tão carente em leitos hospitalares de qualidade. Para operar essa nova unidade de maneira segura, com foco na qualidade, nos comprometemos com a elaboração de processos e com a formação de um corpo médico e assistencial, permitindo uma perfeita integração entre a nova unidade e as já existentes”, finaliza Henrique Salvador.


Publicidade