Publicidade

Estado de Minas

Polícia prende suspeita de criar falsas campanhas de caridade em BH

Investigações mostram que mulher de 54 anos se mobilizava para comprar cadeiras de rodas ou alimentos e se apropriava do dinheiro dos doadores


postado em 17/01/2019 10:39 / atualizado em 17/01/2019 12:45

(foto: Pixabay)
(foto: Pixabay)


Uma mulher de 54 anos foi presa pela Polícia Civil suspeita de realizar falsas campanhas de arrecadação de dinheiro para ações de caridade, como compra de cadeiras de rodas e preparação de sopas para doação a asilos em Belo Horizonte. 

De acordo com a Polícia Civil, as investigações mostram que após arrecadar o dinheiro, a suspeita se apropriava da quantia e falsificava notas fiscais para simular as compras. 

“Atuava como gestora financeira de uma empresa de condomínios e falsificava as assinaturas dos cheques da companhia”, informou a Polícia Civil. “A suspeita utilizava a quantia em benefício próprio totalizando um prejuízo superior a R$ 290 mil reais entre os anos de 2015 e 2017”. 
 
Mais cedo, a Polícia Civil informou que seria concedida uma entrevista coletiva para dar detalhes do caso, mas o atendimento à imprensa foi cancelado e uma nova data será marcada.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade