Publicidade

Estado de Minas TENTATIVA DE FEMINICÍDIO

Deficiente físico esfaqueia ex-mulher grávida, foge e capota carro na Grande BH

Homem usou uma faca e uma talhadeira para deferir golpes contra a cabeça, face e orelha da vítima. Depois, sofreu acidente automobilístico em rodovia que liga as cidades de Esmeraldas e Contagem


postado em 10/01/2019 18:46 / atualizado em 11/01/2019 08:18

Região em que aconteceu a tentativa de feminicídio(foto: Reprodução/Google Street View)
Região em que aconteceu a tentativa de feminicídio (foto: Reprodução/Google Street View)

 

A Polícia Militar (PM) registrou uma ocorrência trágica nesta quinta-feira (10). Darismar Vieira, de 38 anos, tentou matar a ex-mulher, também de 38, a facadas no Bairro Recanto Verde, em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A vítima estava grávida de, aproximadamente, oito meses. Após cometer o crime, o homem – portador de deficiência física em um dos braços e em uma das pernas – sofreu um acidente de carro na LMG-808, que liga a cidade do ato ilícito a Contagem, também na Grande BH.


De acordo com os relatos de populares à polícia, Darismar não havia aceitado o fim do relacionamento com a ex-companheira. Portando uma faca e uma talhadeira, ele atacou a vítima na cabeça, na face e em uma das orelhas. A mulher precisou ser socorrida à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Contagem, conforme o boletim de ocorrência. Contudo, a equipe médica indicou a transferência para o hospital da cidade, onde ela está internada em estado grave.


(foto: Reprodução/WhatsApp)
(foto: Reprodução/WhatsApp)
Logo depois do crime, Darismar fugiu em Fiat Grand Siena prata, adaptado para deficientes. A princípio, os militares não sabiam o paradeiro do suspeito. Porém, momentos depois, receberam uma comunicação da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), que atendia uma ocorrência de capotamento na LMG-808 envolvendo o mesmo veículo.


Lá, a PMRv constatou que se tratava do suspeito da tentativa de feminicídio. Darismar estava preso às ferragens e, após ser retirado, foi encaminhado ao Hospital Municipal de Contagem – o mesmo da ex-companheira. Ele está internado em estado grave e respira por meio de aparelhos.


Três policiais militares acompanham os envolvidos na unidade médica. A corporação levou o veículo citado para um pátio do Departamento de Trânsito (Detran), enquanto as armas brancas usadas no crime não foram identificadas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade