Publicidade

Estado de Minas

Polícia Civil vai investigar agressões de jovem a homem que tentou assaltá-lo em BH

Jovem reagiu a assalto com chutes e filmou agressão. 'Isso que nós faz (sic) com ladrão no Camargos', diz o jovem enquanto agride o assaltante


postado em 26/11/2018 16:59 / atualizado em 27/11/2018 07:54

Reprodução/Whatsapp(foto: Imagens mostram o momento da tentativa de assalto e das agressões )
Reprodução/Whatsapp (foto: Imagens mostram o momento da tentativa de assalto e das agressões )


A Polícia Civil informou na tarde desta segunda-feira, que vai iniciar as investigações do caso do jovem que reagiu a um roubo no Bairro Camargos, Região Noroeste de Belo Horizonte. Na última quinta-feira, ele foi ouvido na Delegacia Regional do Barreiro e liberado.

Segundo a Polícia Civil, as investigações prosseguem para apurar os fatos e “um possível excesso da vítima quanto à defesa”. Ainda segundo a assessoria da Polícia Civil, o delegado responsável está de férias, mas isso não vai atrapalhar as investigações.

O caso

Na última quinta-feira, o estudante de 20 anos agrediu um rapaz, de 21, ao tentar assaltá-lo no Bairro Camargos, Região Noroeste de Belo Horizonte. Imagens que circulam nas redes sociais mostram o momento da tentativa de assalto e das agressões - filmadas pelo próprio rapaz que reagiu ao roubo.



No boletim de ocorrência, registrado como roubo tentado, o rapaz que sofreu a tentativa de assalto relata que estava a caminho da faculdade, quando o homem anunciou o assalto e ele reagiu lutando e dando socos - ele não menciona os pontapés. Ao ver a arma de brinquedo no chão, pegou o objeto, saiu do local e chamou a polícia.

Os policiais encontraram o homem que tentou assaltar o jovem e o levaram para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) JK, em Contagem, na Região Metropolitana, onde foi atendido e liberado. Ele foi ouvido e autuado em flagrante por tentativa de roubo, encaminhado para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira, na Região Oeste de Belo Horizonte.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade