Publicidade

Estado de Minas

Homem mata a ex e atira contra própria cabeça em Montes Claros

Autor tentou se matar com dois disparos e está internado em estado grave


postado em 08/11/2018 13:15

Mais um caso de feminicídio no interior de Minas. Desta vez, a vitima foi Elvira Antonia Ferreira Alves, de 45 anos, morta  tiros pelo ex-namorado Sidney Rodrigues Fonseca, também de 45. Após cometer o crime, o autor tentou se matar, efetuando dois tiros na própria cabeça. Ele foi socorrido levado para a Santa Casa de Montes Claros, onde está internado em estado grave. A mulher também foi socorrida, mas chegou ao hospital sem vida. 
 
O assassinato teria sido motivado por ciúmes e pelo fato de Sidney não aceitar o fim do relacionamento. O crime aconteceu em um  bar na Vila Áurea (Região Grande Santos Reis). De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, testemunhas disseram que Elvira estava sentada em uma mesa na porta do estabelecimento, bebendo cerveja, enquanto Sidney sentou em outra mesa. Os dois passaram a conversar.  
 
Em dado momento, a mulher levantou e mostrou para o ex-namorado uma nota fiscal de uma compra. Imediatamente, o homem sacou um revólver calibre 32 e fez dois disparos na cabeça  de Elvira, que caiu ao solo. Em seguida, Sidney efetuou dois tiros contra a própria cabeça. Os dois foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu) e pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para o Pronto Socorro da Santa Casa de Montes Claros. A mulher não resistiu e morreu ao dar entrada no bloco cirúrgico do hospital. O autor continua internado em estado grave. Nesta quinta-feira, o hospital informou que respira com a ajuda de aparelhos. 
 
Conforme uma testemunha ouvida pela Polícia Militar, Sidney e Elvira terminaram o namoro havia uma semana. Porém, o homem não aceitou o fim do relacionamento e teria ameaçado a vítima várias vezes, dizendo que, caso não reatasse  o namoro, a mataria e depois  tiraria a própria vida.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade