Publicidade

Estado de Minas

Quadrilha rouba empresário, agride família dele e morre durante fuga da polícia

Grupo formado por cinco homens roubou cerca de R$ 20 mil de empresário, além de objetos de valor e eletrodomésticos; bandidos morreram em acidente de carro, quando tentavam fugir da PM na BR-354


postado em 16/10/2018 19:25 / atualizado em 16/10/2018 19:36

Uma família passou por momentos de tensão na madrugada desta terça-feira (16), em Bambuí, na Região Centro-Oeste de Minas. Uma quadrilha formada por cinco homens amarrou e amordaçou uma mãe e duas crianças dentro da casa delas, de acordo com informações da Polícia Militar (PM). Elas foram mantidas em um cômodo trancado. O objetivo era roubar itens de valor dentro do imóvel e render o pai, dono de uma mercearia, que chegaria momentos depois, segundo a PM. O estabelecimento comercial também era alvo dos criminosos.


Após roubar diversos eletrodomésticos, os suspeitos renderam o microempresário e tomaram posse de dois veículos da família: um Fiat Pálio e uma Toyota Hilux, conforme o boletim de ocorrência. O documento ainda relata que eles usaram o carro e caminhonete para ir até a mercearia, onde um novo roubo seria feito, com o pai como refém.


Contudo, o empresário conseguiu se desvencilhar dos suspeitos e correr. Ele acionou a Polícia Militar, que solicitou um cerco às cidades vizinhas e repassou as informações às unidades.


Com os dados em posse, a PM da cidade de Arcos, localizada a cerca de 60 quilômetros de Bambuí, avistou a quadrilha se deslocando por uma câmara de segurança do sistema de segurança Olho Vivo. Logo, viaturas seguiram os suspeitos até o município de Pains, pela BR-354, onde ocorreu um acidente automobilístico entre os veículos roubados. O Fiat Pálio pegou fogo, conforme o órgão de segurança.


De acordo com a PM, um dos suspeitos morreu carbonizado, enquanto outro sofreu lesões internas e também morreu a caminho de um hospital. Os três ocupantes da caminhonete fugiram pela mata, mas foram presos na manhã desta terça-feira.


Além dos três, a PM afirma ter prendido uma mulher e dois homens que deram auxílio aos suspeitos. Eles foram detidos ainda durante a madrugada. Um deles, inclusive, havia sido funcionário, por poucos dias, da mercearia mirada pela quadrilha. A mulher é mãe de um dos envolvidos no roubo.


Os detidos, segundo a polícia, foram encaminhados a uma delegacia da cidade de Formiga, na mesma região do estado. A PM ressaltou que recuperou uma quantia em dinheiro não especificada, assim como os bens da família. A aliança do casal vítima estava entre os itens.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade