Publicidade

Estado de Minas

Bombeiros encontram corpo de jovem que estava desaparecida no Rio do Peixe

O corpo foi encontrado boiando a cerca de quatro quilômetros de onde seus pertences estavam


postado em 16/10/2018 17:44 / atualizado em 16/10/2018 21:01

Jovem estava desaparecida desde a tarde de sábado (foto: Reprodução/ Facebook)
Jovem estava desaparecida desde a tarde de sábado (foto: Reprodução/ Facebook)
Bombeiros encontraram, na manhã desta terça-feira, o corpo da jovem de 23 anos que estava desaparecida desde sábado após ir nadar no Rio do Peixe, em Monte Verde, distrito de Juiz de Fora, na Região da Zona da Mata. O corpo de Amanda Vidal de Almeida foi encontrado preso a galhos e boiando no rio.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os três agentes que realizavam as buscas desde domingo começaram os trabalhos às 9h e, por volta de meio-dia, encontraram o corpo da jovem, a aproximadamente quatro quilômetros de onde seus pertences foram encontrados.

Após a localização, a Polícia Militar foi acionada e auxiliou os trabalhos dos bombeiros. O corpo seguiu para a perícia, que apontará se a causa da morte foi realmente afogamento.


Desaparecida desde sábado


Amanda Vidal estava desaparecida desde a tarde de sábado. De acordo com o Corpo de Bombeiros, um tio da jovem relatou aos agentes que ela teria saído sozinha para nadar no Rio do Peixe. Preocupado com a demora da sobrinha, o homem foi até o local e encontrou apenas os chinelos e o short dela.

Na tarde de segunda-feira, o capitão do Corpo de Bombeiros de Juiz de Fora, Acácio Tristão, relatou que ainda tinha esperança de encontrar a jovem viva. “Ela pode ter nadado, caminhado na margem e saído do rio. Não estamos à procura do corpo, especificamente”, afirmou.

Conforme a corporação, as buscas foram dificultadas porque o trecho do rio onde os bombeiros fizeram os trabalhos contém muitas corredeiras e pedras. Além disso, por falta de visibilidade, os trabalhos eram suspensos durante a noite.  

*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade