Publicidade

Estado de Minas

BHTrans considera 'atípica' movimentação no entorno da rodoviária na volta do feriado

Congestionamentos foram registrados na manhã desta segunda-feira no entorno do terminal rodoviário


postado em 15/10/2018 18:41

Já virou rotina, a lentidão no trânsito no Centro de Belo Horizonte, principalmente no entorno da rodoviária, com o fim dos feriados prolongados. Nesta segunda-feira, não foi diferente. Filas enormes de veículos foram registradas. O gerente de Ação Regional Centro-Sul Bhtrans, Luiz Fernando Libânio, considerou 'atípica' a movimentação. Segundo ele, que manteve 15 agentes de trânsito no local - participaram também da operação especial na volta do feriadão equipes da Polícia Militar e Guarda Municipal – houve alguns fatores para aumentar o caos na região.

"Houve um grande volume de ônibus chegando a BH e também de carros pequenos para buscar os passageiros no terminal. Junto a isso, soma-se o fluxo de veículos comum na segunda-feira de manhã", afirmou Libânio. Ele lembrou que o feriado nacional na sexta e a semana das crianças serviu para intensivas as chegadas.Segundo Libânio, o terminal administrado pelo estado, via Codeminas, há poucas plataformas para volume tão grande  de ônibus.

Para evitar futuros problemas, já que há outros feriados no caminho, como 15 de novembro, Natal, réveillon e Carnaval, a BHTrans vai montar operações no entorno da rodoviária. A atenção especial será nos cruzamentos das ruas Caetés,  Avenida Paraná, Rua Curitiba e Santos Dumont, bem como Rua Araguari com Avenida do Contorno, Rua Mato Grosso com Contorno, Rua Paulo de Frontin com Contorno, Ria 21 de Abril com Contorno, e Rua Curitiba com Contorno.

Sobre o antigo terminal na Avenida José Cândido da Silveira, que foi desativado, a BHTrans informa que se trata de um assunto específico da Codeminas, órgao responsável pela desativação. "Os embarques para estados do Nordeste e Espírito Santo são mais lentos do que outros, pois as pessoas levam mais bagagem para a praia, há famílias etc”, comentou.

Para evitar novos congestionamentos, que só causam irritação,  a BHTrans dá algumas dicas aos passageiros:
- Evitar os de carro para a rodoviária, dando preferência ao táxi e metrô
- Agilizar o embarque, preenchendo com antecedência formulários de identificação
- Manter documentos sempre em mãos

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade