Publicidade

Estado de Minas

Cidades do interior de Minas registram chuva de granizo

Divinópolis, na Região Centro-Oeste do estado tem queda de árvores, falta de energia e ruas alagadas. Juatuba sofre com ruas esburacadas


postado em 15/10/2018 17:51 / atualizado em 15/10/2018 18:33

Chuva de granizo em Divinópolis(foto: Divulgação/Whatsapp)
Chuva de granizo em Divinópolis (foto: Divulgação/Whatsapp)
Cidades mineiras já registram chuva de granizo na tarde desta segunda-feira. Os moradores de Divinópolis, na Região Centro-Oeste de Minas, sofrem com a falta de energia elétrica, e com a queda de árvores.  
 
“Choveu bastante na região do centro. A cidade está toda sem energia. Na Avenida Getúlio Vargas, perto do antigo pronto-socorro, na região central, teve uma árvore que caiu em um carro”, relata o contador Heberth Rychter, que trabalha em um escritório de contabilidade no centro de Divinópolis.
 
 

A chuva forte com muita ventania durou cerca de uma hora. “Ainda estou presa no serviço, estamos sem iluminação. Vi daqui que a Avenida JK ficou coberta de água, com carros andando lentamente”, relata a servidora estadual Déborah Patricia Yunes Soares, que trabalha no Bairro Bom Pastor.

“Caiu muita árvore no centro, também teve queda de uma placa em cima de carro na Avenida Sete de Setembro, esquina com Rua Sergipe. A cidade inteira está sem energia”, conta Lucas Paulo, promotor de vendas que enfrentou dificuldades para chegar em casa.
 
A cobertura do Centro de Comércio Popular, localizado no quarteirão da Rua São Paulo com Avenida Primeiro de Junho, foi destruída.
 

Juatuba

A chuva forte em Juatuba, na Região Central, durou cerca de 15 minutos, e o granizo durou 5 minutos, atingindo casas e plantações. “O pior do município, é que as ruas são esburacadas, e os buracos aumentam com a forte chuva, dificultando a passagem de veículos”, conta Meire Guimarães, moradora da cidade.
Chuva de granizo em Juatuba(foto: Divulgação/Whatsapp)
Chuva de granizo em Juatuba (foto: Divulgação/Whatsapp)
 
 
* A estagiária está sob supervisão da subeditora Ellen Cristie.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade