Publicidade

Estado de Minas

Operação do Rotam prende suspeitos e apreende armas, drogas e menores em BH

Trabalho começou nessa sexta-feira (28) e foi terminado nesta terça, com participação de centenas de viaturas do batalhão


postado em 02/10/2018 22:07 / atualizado em 02/10/2018 22:15

Viaturas do Rotam passaram com sirenas ligadas na Avenida Afonso Pena, sentido Bairro Mangabeiras, na manhã desta terça(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Viaturas do Rotam passaram com sirenas ligadas na Avenida Afonso Pena, sentido Bairro Mangabeiras, na manhã desta terça (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Terminou, nesta terça-feira, a operação do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) contra o crime organizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A força-tarefa se iniciou nessa sexta-feira (28) e terminou com 16 presos (quatro com mandados de prisão em aberto) e oito menores apreendidos.

Segundo o Rotam, 21 armas foram confiscadas, sendo elas: duas escopetas calibre 12; cinco pistolas (calibres 380, 40 e 9 milímetros); um fuzil AK47; oito revólveres (calibres 44, 38, 32 e 22); e três garruchas calibre 38. Uma réplica de pistola e uma carabina também foram apreendidas.

Além disso, a corporação informou que 551 buchas e um quilo de maconha, 59 pedras e 200 gramas de crack, e 642 pinos e um quilo de cocaína foram apreendidos. 

A força-tarefa contou com apoio de 140 viaturas durante os cinco dias de execução, conforme o batalhão. O cronograma se dividiu em dois turnos de trabalhos: das 7h às 18h e das 16h às 2h, sendo que cada um dos períodos diários se desencadeou com 14 viaturas. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade