Publicidade

Estado de Minas

Mais de 90 mil pessoas devem usar a rodoviária no feriado para deixar BH

De acordo com a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), serão aproximadamente 3,5 mil partidas nesses seis dias e mais de 4 mil chegadas


postado em 05/09/2018 12:10

Operação especial foi montada para receber a população(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press. )
Operação especial foi montada para receber a população (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press. )

O Feriado de Independência deverá ser movimentado no Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro (Tergip), no Centro de Belo Horizonte. A expectativa é que aproximadamente181 mil pessoas passem pela rodoviária entre esta quarta-feira até e a próxima segunda-feira. Destes, 93 mil passageiros devem deixar a capital mineira. A estimativa de público é 3% a mais em comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), serão aproximadamente 3,5 mil partidas nesses seis dias e mais de 4 mil chegadas. A movimentação maior de embarques deve acontecer na quinta-feira, sexta-feira, e no domingo, no retorno do feriado.

A preferência de destino dos moradores de Belo Horizonte são as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília. Não pode faltar as praias, como em Guarapari, Conceição da Barra (ES), Porto Seguro e Prado (BA) e Cabo Frio (RJ). Dentro do território mineiro, os destinos mais procurados são Ouro Preto, Diamantina, Montes Claros, Governador Valadares, Viçosa, Conselheiro Lafaiete, São João Del Rei e Juiz de Fora.

Os usuários devem ficar atentos com mudanças dentro do terminal. Os ônibus com destino a Sete Lagoas e Lagoa Santa tiveram o ponto de partida alterado para o Paíto Oeste, próximo à Rua Paulo de Frontim. Os passageiros que forem utilizar os aplicativos de mobilidade devem seguir para o Pátio Leste, no piso inferior da rodoviária.

Operação de trânsito


Para tentar aliviar o trânsito pesado no entorno do Terminal Rodoviário, a BHTrans vai fazer uma operação especial no feriado a partir desta quinta-feira. Agentes vão monitorar os veículos. Vias terão proibição para estacionamentos e outras serão fechadas, estrategicamente. Segundo a autarquia, “as medidas têm o objetivo de organizar e garantir a fluidez de veículos e pedestres e a operacionalização do terminal, cujo movimento aumenta significativamente no período”.

A operação tem início 5h desta quinta-feira, quando começa a saída dos moradores para passar o feriado fora da capital mineira. A partir deste horário, os motoristas não poderão estacionar na Avenida do Contorno, sentido horário, entre rua 21 de Abril e rua Curitiba; na Rua Rio Grande do Sul, entre avenida do Contorno e rua dos Tupinambás (somente lado direito); na Rua dos Caetés, entre avenida Olegário Maciel e avenida do Contorno, no sentido da via (lado direito), manter a regulamentação para motos; na Rua Saturnino de Brito, em toda a extensão, no sentido da via (lado direito), com desativação de carga e descarga; na Rua Paulo de Frontin, entre rua Acre e rua dos Guaranis, no sentido da via lado direito); na Rua Paulo de Frontin, entre rua dos Guaranis e praça Rio Branco, no sentido da via (lado direito);

A mesma proibição acontece na Rua dos Caetés, entre rua Curitiba e rua da Bahia, no sentido da via; Rua  Espírito Santo, entre avenida Amazonas e avenida Santos Dumont, no sentido da via; Rua Curitiba, entre rua dos Caetés e avenida Santos Dumont, no sentido da via; e Rua Curitiba, entre avenida Santos Dumont e rua dos Guaicurus.

Já a Rua Paulo de Frontin será fechada em três trechos: no encontro com avenida Olegário Maciel, sob o viaduto B; encontro com Rua Acre, somente trânsito local; e com rua dos Guaranis (com saída para a rua dos Caetés), permitindo a saída do estacionamento. Interdição também será realizada na Rua dos Caetés com avenida do Contorno, canalização, criando direita livre.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade