Publicidade

Estado de Minas

Bombeiros encontram corpo de terceira vítima de afogamento no Rio Doce

Quatro jovens foram arrastados e levados em direção a uma cachoeira. Um deles conseguiu se salvar ao se agarrar a uma pedra


postado em 15/08/2018 15:04

Trecho do Rio Doce onde os jovens se afogaram na tarde do último domingo(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Trecho do Rio Doce onde os jovens se afogaram na tarde do último domingo (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Após três dias de buscas, equipes do Corpo de Bombeiros encontraram o corpo do terceiro e último jovem que se afogou no Rio Doce, em Aimorés, na Região Leste de Minas Gerais. 

As buscas foram realizadas por meio de mergulho no local do desaparecimento. Por volta das 10h, foi localizado o corpo de Rafael de Souza Machado, 23 anos, aluno do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES). Ele estava a 70 metros do ponto do afogamento, área com muitas pedras e forte correnteza. 

Os corpos das outras duas vítimas foram localizados na manhã de ontem. Os jovens foram identificados como Luiz Davi Andrade Silva, de 18 anos, e Alexandre Ferreira Moreira, 18, também aluno do IFES. 

O afogamento ocorreu na tarde do último domingo, dia 12, quando as vítimas e um outro amigo, de 20 anos, foram nadar em um trecho conhecido pelos moradores como Prainha e foram arrastados pela correnteza em direção a uma cachoeira. O outro rapaz sobreviveu porque conseguiu se agarrar em uma pedra e chamou a Polícia Militar, que acionou os bombeiros à noite. 

(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


Os militares explicaram que as buscas começaram na manhã de segunda-feira, mas não era possível mergulhar no local, o que os obrigou a fazer buscas superficiais. No segundo dia, com o uso de um barco, eles conseguiram realizar uma técnica que facilitou a subida do primeiro corpo e, logo em seguida, eles alcançaram o segundo usando uma rede. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade