Publicidade

Estado de Minas

Baile funk termina em confronto com a PM no Madre Gertrudes

Tumulto ocorreu na noite desse domingo. Frequentadores atiraram garrafas, pedras e pedaços de pau contra os militares, que revidaram com instrumentos não letais


postado em 06/08/2018 10:41 / atualizado em 06/08/2018 11:22

Um baile funk terminou em confusão na noite desse domingo em um aglomerado no Bairro Madre Gertrudes, Região Oeste de Belo Horizonte. Pessoas que estavam no local enfrentaram os militares com garrafas, pedras e outros objetos e policiais revidaram com bombas de efeito moral e armas não letais. Não há informações sobre feridos.

De acordo com a Polícia Militar (PM), por volta das 21h25, policiais que patrulhavam o bairro souberam de um baile funk em que menores de idade consumiam drogas e bebidas alcoólica. O endereço fica no aglomerado Favelinha, local conhecido pelo tráfico de drogas, segundo a PM. 

No local, os militares encontraram uma grande concentração de pessoas e pediram que o baile funk fosse encerrado. No entanto, os policiais foram surpreendidos por garrafas, pedras e pedaços de pau que foram atirados pela multidão. Para revidar, conforme a PM, eles usaram instrumentos de menor potencial ofensivo. 

A multidão se dispersou e os policiais continuaram no aglomerado patrulhando becos e fazendo abordagens. Ao chegar à Rua Jaime Salse, eles encontraram outra multidão e ouviram cinco estampidos de armas. Novamente, segundo a polícia, pessoas atiraram garrafas contra os policiais, que usaram bombas de efeito moral e spray de pimenta contra a multidão.

Conforme a Polícia Militar, até o encerramento da operação não houve solicitação de prestação de socorro para feridos. O caso foi registrado na 3ª Delegacia do Barreiro. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade