Publicidade

Estado de Minas

Homem é preso por enforcar cadela no interior de MG

Ele justificou o ato afirmando que o animal havia lhe mordido. O caso foi registrado em Carmo do Paranaíba e revoltou moradores da cidade


postado em 18/07/2018 23:26 / atualizado em 18/07/2018 23:41

A morte de uma cadela deixou indignados moradores de Carmo do Paranaíba, no Alto Paranaíba, a 350 quilômetros da capital. Um homem de 24 anos foi preso depois de identificado como o autor do crime contra o animal.

Ele justificou que matou a cadela enforcada depois que ela o mordeu. Por meio de câmeras de segurança de uma casa no Bairro Nova Floresta, foi possível identificá-lo, que é conhecido na cidade por catar sucatas.

O animal vivia num lote vago com outros cães na Rua Aroeira e era cuidada por um morador vizinho. Ao perceber o sumiço da cadela, ele verificou as imagens e constatou que o catador de sucatas, por duas vezes, levou o animal amarrado no cardaço de seu tênis. 

Ao ser preso, o autor justificou o crime dizendo matou o animal, pois ele o mordeu, e levou os policiais até o local em que jogou o corpo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade