Publicidade

Estado de Minas

BH registra 252 casos confirmados de dengue no primeiro semestre

Outros 597 situações ainda estão em análise; febre chikungunya atingiu 12 pessoas, enquanto quatro foram diagnosticados com zika vírus


postado em 13/07/2018 18:14 / atualizado em 13/07/2018 18:52

Prefeitura também informou que promoveu 2.305.362 vistorias no primeiro semestre, para conscientizar população (foto: James Gathany/Wikimedia Commons)
Prefeitura também informou que promoveu 2.305.362 vistorias no primeiro semestre, para conscientizar população (foto: James Gathany/Wikimedia Commons)
A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) divulgou mais um balanço das doenças relacionadas ao mosquito Aedes aegypti nesta sexta-feira. De acordo com a pasta, BH registrou 252 pessoas com dengue neste ano, 12 com febre chikungunya e quatro com zika vírus. 

 

No caso da dengue, houve um aumento de 5,5% em relação ao último balanço, divulgado no último dia 29. Nele, 238 casos tinham sido confirmados. Outros 597 situações ainda estão em análise, enquanto 3.417 suspeitas foram descartadas. O mês com o maior número de casos de dengue continua abril, quando houve 73 confirmações.  

 

Quanto à chikungunya, três casos a mais foram listados em comparação à penúltima pesquisa, na qual nove diagnósticos foram apontados. Oito casos são autóctones (contraídos no município) e quatro importados. Há ainda 21 suspeitas em investigação para a doença. Já o zika vírus tem quatro casos ainda em investigação e outros 21 descartados.

 

Além disso, a prefeitura informou que promoveu 2.305.362 vistorias no primeiro semestre. Nas visitas, os agentes repassam cuidados simples que podem evitar o surgimento do mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika e febre amarela.

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade