Publicidade

Estado de Minas

Praça da Savassi une causa LGBT ao esporte neste domingo

Organizado pelo Bharbixas FC, evento "Manhã POC Esportiva" abre programação LGBT no dia da 21ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte


postado em 08/07/2018 11:25 / atualizado em 08/07/2018 11:55

Bharbixas FC se dedica à luta contra a homofobia e à prática esportiva(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
Bharbixas FC se dedica à luta contra a homofobia e à prática esportiva (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
A Praça Diogo de Vasconcelos, na região da Savassi, no Centro-Sul de Belo Horizonte, vive uma manhã de conscientização, luta por direitos e muito exercício físico neste domingo. Trata-se da Manhã POC* Esportiva, promovida pelo Bharbixas Futebol Clube, primeira entidade poliesportiva LGBT em BH. Ainda hoje, a cidade sedia a 21ª edição da Parada do Orgulho LGBT. A concentração se iniciou às 11h, na Praça da Estação, no Centro da cidade.

O evento faz parte da programação da 5ª Jornada pela Cidadania LGBT, iniciada no último dia 28. Futebol, handebol, peteca e voleibol estão entre as modalidades contempladas e toda a população pode participar.

Um dos fundadores da agremiação, Rafael Marçal, que trabalha com recursos humanos(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
Um dos fundadores da agremiação, Rafael Marçal, que trabalha com recursos humanos (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
"A comunidade LGBT sempre está muito marginalizada. É importante a gente mostrar que não somos só um ser noturno, mas também diurno. É mostrar que a gente é seres como todos os outros", afirma Rafael Gomes Marçal, um dos fundadores do Bharbixas. 

Para a espectadora Denise Bernardes, 52,  o evento contribui para promover o debate sobre a homofobia no esporte. "Ajuda a levar a comunidade LGBT aos estádios e acabar com o machismo no esporte, principalmente das torcidas", analisa a cidadã, que também vai comparecer à Parada do Orgulho LGBT mais tarde.

Além da programação esportiva, o evento oferece uma série de brincadeiras infantis, como amarelinha, bente alta, corta três e derruba lata. "Tivemos uma infância marcada por preconceitos. Então, a gente quer ressignificar essa infância a partir das brincadeiras", explica Marçal.

Criado em 2017, o Bharbixas completou um ano de fundação no fim de junho. Cerca de 30 membros da agremiação são esperados na Savassi neste domingo. 

*POC é um adjetivo ligado à comunidade LGBT e divide opiniões entre os integrantes da minoria. Alguns analisam o termo como pejorativo, enquanto outros defendem a utilização.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade