Publicidade

Estado de Minas

Menina que teve cabelo alisado ganha tratamento estético e volta a ter cachos

Depois de postagem da mãe, que denunciou o corte e alisamento dos cabelos da filha realizados pela madrasta, profissionais do ramos se ofereceram para restaurar cachos


postado em 07/07/2018 17:30

Criança teve seu cabelos cacheados de volta(foto: Reprodução/Facebook)
Criança teve seu cabelos cacheados de volta (foto: Reprodução/Facebook)
Os cachos estão de volta à vida da menina de 8 anos que teve seu cabelo alisado, sem autorização de sua mãe, pela namorada de seu pai, em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. As denúncias da atendente de padaria F.T.C.F., de 29, sobre o ocorrido com sua filha no fim da semana passada, durante visita à casa do pai dela, sensibilizou profissionais da área de beleza da cidade e até de outros estados, que ofereceram seus serviços para trazer de volta o estilo da criança.

“Enquanto o Brasil jogava e perdia, nesta sexta-feira, minha filha ganhava de volta seus cachos Mas foi só o início de um tratamento de três meses, em que uma vez por semana ela voltará para acompanhamento e cuidados. O alisamento indevido, com prancha elétrica, provocou a queima parcial dos cabelos de minha filha”, contou a atendente.

Para F., passado o conflito, agora é hora de seguir em frente e esquecer o que houve. “O importante é que minha filha recuperou a autoestima. O sorriso voltou ao rosto dela. Procurei o Conselho Tutelar, pois quero ter a segurança de que não ocorra algo do tipo novamente. Que ninguém a toque para mudar sua estética sem que eu, a mãe, seja informada e autorize”.

Segundo a mulher, não há qualquer intenção em criar barreiras entre o pai de sua filha para a visita compartilhada. “Não quero vê-la afastada de seu pai. Meu ex-marido é um bom pai, cuidadoso, que não faria mal à nossa filha. Só espero que ninguém mais interfira na relação entre pai e filha, e que nunca mais ocorra situação do tipo, pois do contrário, procurarei a Justiça”, ameaça.

A próxima visita da criança ao pai está prevista para o fim de semana seguinte. Segundo a atendente, com a autoestima de sua filha bem, o importante será seguir com sua rotina e esquecer o que se passou. O tratamento capilar da menina está a cargo de uma profissional local, de um salão ligado a uma franquia nacional de beleza estética, que trabalha com cabelos afros.

Agora, a atendente espera reativar a conta de sua filha numa rede social, onde ela fazia postagem dando dicas em geral e tem vários seguidores. “Pela pouca idade dela, eles suspenderam sua conta, no que já pedi a liberação. Quero que ela volte a ter sua vida normal, inclusive fazendo suas postagens”, assinalou.      

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade