Publicidade

Estado de Minas

Interdição total de rodovia afeta municípios mineiros

Trecho da BR-459, na divisa entre Minas Gerais e São Paulo até a cidade de Piquete (SP), passará por obras; municípios de Pouso Alegre, Piranguinho, Itajubá, Delfim Moreira e Wenceslau Brás, todos no Sul do estado, serão afetados


postado em 19/06/2018 19:56 / atualizado em 19/06/2018 20:04

BR-459 liga o município de Poços de Caldas, no Sul de Minas, a Lorena, no Vale do Paraíba Paulista(foto: Wikimedia/Commons.)
BR-459 liga o município de Poços de Caldas, no Sul de Minas, a Lorena, no Vale do Paraíba Paulista (foto: Wikimedia/Commons.)
Os municípios de Pouso Alegre, Piranguinho, Itajubá, Delfim Moreira e Wenceslau Brás, no Sul de Minas, são atingidos, desde o último dia 6, por obras na BR-459, na divisa do estado com São Paulo. Por razões de segurança, do km zero da divisa até o km 13,65 do município de Piquete, no Vale do Paraíba Paulista, a rodovia está interditada.

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), as obras tem o objetivo de “aumentar a segurança e o conforto dos usuários da rodovia”. Para isso, o órgão destaca que serão feitas a reconstrução da pista, pavimentação e drenagem.  Também está prevista a implantação de defensas metálicas, a reconstrução quase total das canaletas de drenagem, de algumas caixas de passagem e a implantação de drenos de pavimento.

A previsão é de que em quatro meses a rodovia esteja totalmente restaurada e o tráfego normalizado. A indicação da Superintendência do DNIT/MG é que os motoristas evitem o trecho, que compreende um percurso de serra.

As intervenções foram retomadas no dia 6 de junho, após uma liminar interromper o funcionamento das máquinas em setembro do ano passado. O Dnit optou por bloquear o trânsito da rodovia após avaliações conjuntas com a Polícia Rodoviária Federal e o Departamento Estadual de Trânsito.
 
Com informações do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade