Publicidade

Estado de Minas

Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba recebem reforço para combate a incêndios florestais

Além de preparação de militares do Corpo de Bombeiros para a prevenção e combate em incêndios em vegetação, funcionários de empresas em Uberaba têm recebido treinamento para serem brigadistas


postado em 18/06/2018 17:38

Trabalhadores de usinas e cooperativas rurais participaram de treinamento no 8º BBM(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Trabalhadores de usinas e cooperativas rurais participaram de treinamento no 8º BBM (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
A chegada do período de estiagem chama a atenção para os cuidados na prevenção de queimadas não controladas, uma das principais causa de incêndios em vegetação. Visando a formação de brigadistas para atuarem nesse sentido, o comando 8º Batalhão de Bombeiros Militares, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, realizou nesta segunda-feira o treinamento da 7ª turma de capacitação de funcionários de empresas da região para a prevenção e combate desse tipo de ocorrência.

A iniciativa faz parte do plano de ação denominado “todos contra as queimadas”, que realizou o curso com participação de 28 alunos que trabalham em 24 usinas, quatro delas de Uberaba e 20 da cidade de Delta, de onde também vieram quatro empregados de cooperativas.

Militares foram capacitados para atuarem em incêndios florestais no Triângulo e Alto Paranaíba(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Militares foram capacitados para atuarem em incêndios florestais no Triângulo e Alto Paranaíba (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Na última sexta-feira, 33 bombeiros militares concluíram o curso de especialistas em prevenção e combate aos incêndios florestais. O treinamento durou quatro semanas. Com isso, unidades da corporação nas regiões do Triângulo e Alto Paranaíba suas equipes reforçadas. Em Uberaba, que contava com apenas três especialistas nesse tipo de ocorrências, houve reforço de 12 combatentes, 11 deles recém-qualificados no curso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade