Publicidade

Estado de Minas

Militares são mobilizados depois que casarão é invadido na Região Centro-Sul de BH

Dois moradores de rua entraram na área externa do imóvel e disseram que se escondiam de rivais


postado em 03/06/2018 17:54 / atualizado em 03/06/2018 19:01

Militares do 1º Batalhão cercaram o imóvel depois de denúncias de invasão(foto: PMMG/Divulgação)
Militares do 1º Batalhão cercaram o imóvel depois de denúncias de invasão (foto: PMMG/Divulgação)
Uma invasão de imóvel na Região Centro-Sul de Belo Horizonte mobilizou equipes da 3ª Companhia do 1º Batalhão da PM no fim da tarde deste domingo. De acordo com o sargento Márcio Jacó,  pessoas ligaram para o telefone 190 e denunciaram que dois homens pularam o muro do casarão da Rua Bernardo Guimarães, 167, esquina com Avenida Getúlio Vargas e Rua Maranhão.

Quando os militares chegaram, um dos invasores estava sobre o telhado do imóvel, que está vazio e onde já funcionou uma escola de arte e uma empresa de festas. Um cerco foi montado e um dos homens, que são moradores de rua, saiu do local. Porém, o outro que subiu no telhado demorou cerca de 30 minutos até decidir se entregar.

Segundo o sargento, os dois homens foram identificados e checada fica deles. Foi constatado que os dois têm passagens por furto, mas não havia ordem judicial de prisão. Como não arrombaram o imóvel, foram liberados.

Um deles justificou que entrou no casarão para se esconder, já que rivais de sua turma os ameaçaram de morte. Segundo disse, o objetivo era passar a noite na área externa do imóvel, sem pretensões de arrombar a casa e furtar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade