Publicidade

Estado de Minas

Motoristas de autoescolas fazem protesto na Av. Amazonas contra alta do combustível

Os veículos estão na via próximo a Avenida Francisco Sá, na Região Oeste da cidade. O congestionamento é longo no local


postado em 24/05/2018 16:18 / atualizado em 24/05/2018 19:59



Pelo segundo dia consecutivo, a Avenida Amazonas, na Região Oeste de Belo Horizonte, é palco de protestos contra o aumento dos combustíveis. Desta vez, motoristas de autoescolas fazem uma passeata pela via, uma das mais importante da capital mineira, em solidariedade aos caminhoneiros.  Devido ao ato, o congestionamento é grande na área.

Motoristas se concentraram na Avenida Amazonas(foto: BHTrans/Divulgação)
Motoristas se concentraram na Avenida Amazonas (foto: BHTrans/Divulgação)


Os manifestantes se concentraram próximo a Avenida Francisco Sá, no Bairro Gutierrez. Os veículos de autoescolas estavam com faixas apoiando o protesto dos caminhoneiros e também com palavras de ordem contra a alta dos combustíveis.

Os veículos fecharam as pistas dos dois sentidos da avenida. De acordo com a BHTrans, o trânsito flui em apenas uma faixa em cada lado da Amazonas. Agentes do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (PM) acompanham o ato.

Esse é o segundo dia de protestos na via. Nessa quarta-feira, dezenas de caminhões pararam em fila na avenida, próximo à Avenida Silva Lobo,  o que provocou um longo congestionamento na via.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade