Publicidade

Estado de Minas

Jovem que teve família executada no Pindorama afirma que mataria assassino para se vingar

A garota que perdeu todos seu familiares em crime que chocou BH afirma ao Programa TV Verdade, da TV Alterosa, que vai se vingar do assassino


postado em 01/05/2018 18:41 / atualizado em 01/05/2018 19:08

Mulher e dois filhos foram mortos a facadas e tiveram seus corpos queimados no Bairro Pindorama, em BH(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Mulher e dois filhos foram mortos a facadas e tiveram seus corpos queimados no Bairro Pindorama, em BH (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

Uma jovem que perdeu a mãe e  dois irmãos no último dia 21 de abril em uma crime que chocou o Bairro Pindorama, Região Noroeste de BH, afirmou, nesta terça-feira, que se vingaria do assassino caso tivesse a oportunidade de se encontrar com ele. O triplo assassinato, que dizimou a família da jovem, foi descoberto depois que os bombeiros foram acionados para atender uma ocorrência de incêndio na Rua Eli Pinheiro.

No local, os militares descobriram que Maria Cláudia Pereira, de 37 anos, Marcos Vinicius Pereira Silva, de 15, e uma menina, que teria aproximadamente 7, foram mortos a facadas e depois tiveram os corpos queimados pelo executor. 

Veja trecho do programa que foi ao ar nesta terça-feira
 

A Polícia Civil investiga o caso e busca informações sobre o autor do crime. No dia dos assassinatos, a suspeita recaiu sobre o ex-namorado da mulher. Vizinhos e conhecidos das vítimas não quiseram se identificar, mas relataram que o suspeito já havia agredido a mulher por diversas vezes e tinha fama de ser violento. 

VINGANÇA Dez dias após o crime, a filha de Maria Cláudia participou do programa TV Verdade, na TV Alterosa, e afirmou ao jornalista Ricardo Carlini que, se pudesse, mataria o suspeito dos assassinatos. Sem se preocupar em responder na Justiça, a garota revelou que enfrentaria a prisão para se vingar, mas que isso não lhe tiraria a dor que o crime causou.





Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade