Publicidade

Estado de Minas

Padre é agredido e feito refém em Uberaba

Bandidos arrombaram casa paroquial, roubaram eletrodomésticos do imóvel e o carro do sacerdote. Durante o crime, o padre foi ameaçado de morte e tortura


postado em 26/04/2018 10:13 / atualizado em 26/04/2018 12:04

(foto: Arquidiocese de Uberaba/ Divulgação )
(foto: Arquidiocese de Uberaba/ Divulgação )
Um padre foi feito refém e agredido por cinco bandidos que invadiram a casa paroquial e o ameaçaram de morte na madrugada desta quinta-feira, em Uberaba, no Triângulo Mineiro. 

O religioso é responsável pela administração da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, no Bairro homônimo. De acordo com a Polícia Militar (PM), o padre Otair Cardoso da Cruz, de 43 anos, também é psicólogo e se preparava para ir até o município de Santa Juliana, para realizar atendimentos. 

Quando abriu a porta da casa paroquial para retirar o carro da garagem, o padre foi surpreendido pela quadrilha, com dois dos cinco homens armados, que o renderam e questionaram se no cofre havia um imóvel. 

Ainda conforme a PM, o padre informou que na casa paroquial não havia cofre e foi agredido com socos, chutes e coronhadas, além de sofrer ameaças de morte. 

Os bandidos ainda ameaçaram cortar os dedos do padre. O sacerdote foi amarrado enquanto os criminosos recolheram eletrodomésticos da casa. O bando fugiu com o carro do religioso, mas o veículo foi encontrado nesta manhã. 

Nenhum item sacro da paróquia foi roubado. A ocorrência seguiu com desdobramentos nesta manhã e nenhum suspeito foi localizado. O padre foi levado a um hospital da cidade.
 
*Sob supervisão do editor Benny Cohen

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade