Publicidade

Estado de Minas

Resgatado mais um corpo de vítima de acidente de barco no Rio São Francisco

As vítimas atravessavam o rio em uma embarcação para uma partida de futebol quando ela afundou. Continua sendo procurado o corpo de jovem de 18 anos


postado em 17/04/2018 20:21 / atualizado em 17/04/2018 21:43

No domingo, as quatro vítimas estavam em um pequeno barco de madeira, conhecido como %u201Crabeta%u201D, movido por motor(foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)
No domingo, as quatro vítimas estavam em um pequeno barco de madeira, conhecido como %u201Crabeta%u201D, movido por motor (foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)
O Corpo de Bombeiros já conseguiu resgatar os corpos de três dos quatro jovens que desapareceram no Rio São Francisco, no município de Manga, no Norte de Minas – depois que um pequeno barco afundou. No início da noite desta terça-feira, foi encontrado o corpo de Artur Possidônio, de 17 anos, a uma distância de oito quilômetros do local do acidente.

Na manhã desta terça, foram resgatados corpos dos jovens Kleber Frederico Rodrigues Almeida, de 18; e de Adenilson Almeida da Silva, de 20.  Continua sendo procurado o corpo de Matheus Cardoso, de 18. As quatro vítimas estavam em um pequeno barco de madeira, conhecido como “rabeta”, movido por motor, que naufragou no domingo.

O acidente ocorreu no mesmo ponto do São Francisco onde é feita a travessia de balsa entre Manga e Matias Cardoso. Segundo a Polícia Militar (PM), a embarcação não suportou o peso e afundou no meio do rio, após o rompimento de uma parte da estrutura de madeira.

O barco era conduzido por um adolescente, de 15, que conseguiu nadar até a margem e se salvou. Os jovens faziam a travessia a fim de participar de uma partida de futebol no município de Matias Cardoso, separado de Manga pelo Velho Chico.

As buscas, iniciadas manhã de segunda-feira pelo Corpo de Bombeiros de Januária, com o apoio de duas embarcações da Capitania dos Portos (Marinha), se estendem por extensão de 40 quilômetros do Rio São Francisco.

 Um dos corpos, de Adenilson Almeida, foi localizado a 22,5 quilômetros de distância do local da travessia de balsa entre Manga e Matias Cardoso. O corpo do Adolescente Kleber Frederico foi resgatado a 7,5 quilômetros de distância de onde a "rabeta” afundou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade