Publicidade

Estado de Minas

Taxista embriagado é preso após acidente na MG-424 em Vespasiano

O teste do bafômetro constatou 1,3 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. O valor é quase quatro vezes maior do que o índice considerado crime de trânsito


postado em 10/04/2018 08:11 / atualizado em 10/04/2018 12:49

Um taxista foi preso na madrugada desta terça-feira depois de se envolver em um acidente na MG-424, em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O motorista passou pelo teste do bafômetro que constatou a embriaguez. O resultado deu 1,3 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. O valor é quase quatro vezes maior do que o índice considerado crime de trânsito.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), que atendeu a ocorrência, o veículo bateu na mureta de proteção da pista. O condutor contou uma versão que não convenceu os policiais. O motorista disse que passava pela rodovia, quando foi fechado por uma carreta. Por causa disso, teria perdido o controle da direção e acabou se chocando na barreira.

O homem passou pelo teste do etilômetro que constatou a embriaguez. Ele teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida, e recebeu uma multa de R$ 2.934,70. Neste caso, a infração é considerada gravíssima. O condutor perde de sete pontos no prontuário do motorista. Ele responderá ainda a processo criminal, com pena de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de obter permissão ou habilitação.

O motorista foi encaminhado para a delegacia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade