Publicidade

Estado de Minas

Homem baleado foge e morre em quintal de casa no Bairro Ouro Preto

Uma testemunha ouviu uma confusão na rua e abriu o portão para ver o que estava acontecendo. Neste momento, a vítima entrou correndo no imóvel, e acabou morrendo. Criminosos não foram identificados e nem presos


postado em 08/04/2018 08:09 / atualizado em 08/04/2018 08:18

Crime aconteceu na Rua Senador Firmino(foto: Reprodução Google Street View)
Crime aconteceu na Rua Senador Firmino (foto: Reprodução Google Street View)

Imagens de câmeras de segurança podem ajudar a polícia identificar os criminosos que assassinaram um homem de 32 anos na madrugada deste domingo no Bairro Ouro Preto, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte. A vítima levou vários tiros. Mesmo assim, conseguiu correr e entrou em uma casa na Rua Senador Firmino. Mas, não resistiu aos ferimentos e morreu no quintal da residência. Os responsáveis pelo crime fugiram e ainda não foram localizados.

O crime aconteceu por volta das 1h30. Uma testemunha contou aos policiais militares que ouviu uma confusão na rua. Por causa disso, foi até o quintal para ver o que estava acontecendo. Ao abrir o portão, um homem veio correndo em sua direção e entrou no imóvel. Logo ao passar pela porta, caiu.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e os médicos constataram a morte de Luiz Henrique Lucas Oliveira. A perícia da Polícia Civil iniciou as investigações. A vítima sofreu duas perfurações no peito, duas no pescoço, uma na cabeça e vários no braço.

De acordo com a PM, os criminosos fugiram e não foram identificados. Câmeras de segurança localizadas na via podem ter flagrado o crime. O caso foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil (Ceflan 4).

Grande BH

Um jovem de 24 anos foi assassinado na Vila São José Fagundes, em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na madrugada deste domingo. De acordo com a esposa da vítima, que acionou a PM, Bernardo Gabriel Duarte Félix foi até o local para trocar um celular em um pino de cocaína.

Quando estava no local, um rapaz, conhecido como Perlinha, se aproximou e chamou uma terceira pessoa, que atirou várias vezes contra a vítima. A mulher afirmou que correu e acionou a PM. Quando retornou, o companheiro já estava morto. O homem foi atingido por três disparos. A perícia encontrou o pino de cocaína na mão direita dele.

O caso foi encaminhado para a delegacia de Lagoa Santa. Nenhum criminoso foi identificado. Ninguém foi preso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade