Publicidade

Estado de Minas

Fogo em prédio de universidade assusta alunos e funcionários na Região Noroeste de BH

Testemunhas disseram que estudantes procuraram por extintores. Universidade alegou que o prédio segue as especificações de segurança


postado em 06/04/2018 18:40 / atualizado em 06/04/2018 19:12

(foto: Willian Augusto/Divulgação)
(foto: Willian Augusto/Divulgação)
Um princípio de incêndio em um prédio da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), no campus Coração Eucarístico, Região Noroeste de Belo Horizonte, assustou alunos, funcionários e pessoas que passavam pelo prédio 46, de Fisioterapia, no início da noite desta sexta-feira. Segundo o Corpo de Bombeiros, a corporação foi acionada, compareceu ao local, mas não constatou vítimas.

Segundo o jornalista Willian Augusto, que passava em frente ao prédio na hora do incêndio, uma maca pegou fogo, fazendo com que os alunos saíssem correndo do edifício em busca de um extintor de incêndio. Ele tirou fotos do local e encaminhou ao Estado de Minas

Uma pessoa que estava no prédio e preferiu não se identificar confirmou que sentiu um cheiro de plástico queimado muito forte, e, depois disso, viu uma fumaça preta dentro do prédio. "Naquele momento não haviam pacientes no edifício, eram só os alunos e os funcionários", explicou.

De acordo com o pró-reitor de Logística e Infraestrutura da PUC Minas, Rômulo Albertini Rigueira, o fogo começou no colchonete de uma maca. "Ainda não temos informações sobre a motivação do princípio de incêndio. Estamos avaliando a causa", explicou. Sobre a informação de que os alunos não encontraram extintores, Rômulo assegurou que o prédio é seguro, tanto na distribuição de extintores pelo prédio, quanto na configuração da parte elétrica.

* Sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade