Publicidade

Estado de Minas

Homem é acusado de estuprar a sobrinha de 8 anos em Juiz de Fora

Segundo a PM, o autor ainda foi acusado de abusar de outras três sobrinhas, incluindo a mãe da criança que sofreu abuso


postado em 28/03/2018 16:43 / atualizado em 28/03/2018 17:03

Um homem de 51 anos foi preso nesta terça-feira acusado de estruprar uma criança de 8 anos, em Juiz de Fora, na Zona da Mata. Segundo a Polícia Militar (PM), o homem, que é tio da vítima, ainda é acusado de ter estuprado outras três sobrinhas quando elas ainda eram menores de idade, incluindo a mãe da criança, que sofreu abuso. O homem estava foragido desde domingo.

O estupro aconteceu na noite de domingo, quando a família estava reunida na casa do autor. Segundo a polícia, uma das tias notou um comportamento estranho na criança. Ela parecia amendrontada e muito tímida, o que não coincidia com a maneira como a menina costuma agir. Quando perguntou o que tinha acontecido, a criança disse que o tio passou a mão "em seu bumbum".

A criança ainda contou que o homem já havia passado a mão em suas partes íntimas outras vezes. O abuso vinha ocorrendo desde que a menina tinha 5 anos. Em seu depoimento, ela relata que em uma dessas ocasiões que o tio esfregou o pé dela em seu pênis para "sarar um machucado que a criança tinha no pé".

Aos policiais, a criança revelou que era ameaçada pelo homem e, por isso, sentia medo de contar para alguém o que estava acontecendo. Ela disse que pensou em contar para a mãe, mas não teve coragem, pois o tio ameaçou matá-la. Os familiares acionaram a polícia e o homem aproveitou para fugir do local.

O suspeito foi preso na Praça da Estação do município e nega as acusações. Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, durante a prisão ele reagiu às ordens dos policiais e disse "vai se fuder. Meu negócio é roubar". No quarto do autor, os policiais apreenderam preservativos de várias marcas, um DVD do filme Frozen, uma agenda da sobrinha, um boneco infantil e uma calcinha feminina.

ACUSAÇÕES O homem ainda é acusado de abusar de outras três sobrinhas, quando elas ainda eram crianças. Segundo a PM, a própria mãe da menina que sofreu abuso foi vítima do homem, quando ela tinha a mesma idade da filha.

Duas mulheres, de 25 e 27 anos, e a mãe, de 23, disseram que o tio tinha o costume de mostrar as partes íntimas para elas e de encostar o corpo nelas. A mãe da criança ainda lembra que, quando ela tinha a mesma idade da filha, acordou com o tio deitado ao seu lado esfregando a mão em suas partes íntimas.

* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade